Tag: Yair Rodriguez

UFC México: Após dedada no olho acidental, luta entre Yair Rodriguez e Jeremy Stephens termina sem resultado

Na noite deste sábado (21), foi realizado na Mexico City Arena, na cidade do México, no México, o UFC México (UFC Fight Night 159), e no co-main event da noite, o mexicano Yair Rodriguez encarou o norte americano Jeremy Stephens em luta que foi válida pela divisão até 66 kg da franquia presidida por Dana White.

Logo no início do primeiro round, com apenas dezesseis segundos de luta, Yair Rodriguez acertou uma dedada no olho de Stephens e o combate ficou paralisado por um bom tempo. O médico subiu ao octógono para analisar o olho esquerdo do norte americano, que não abria de maneira nenhuma. A regra diz que para qualquer golpe baixo, o lutador que recebeu o golpe tem até 5 minutos para recuperar-se, e para o ódio da torcida local, o árbitro central Herb Dean encerrou o combate e o 50resultado foi o ‘no contest’, ou seja, luta sem resultados.

A torcida presente na arena na capital mexicana, após o encerramento da luta, protagonizou cenas deploráveis, pois muitas pessoas atiraram copos para dentro do octógono. Yair Rodriguez ainda subiu na grade, em forma de protestar contra a atitude do público presente.

Foto: Getty Images

Zumbi Coreano desabafa após derrota para Yair: “Estou envergonhado”

Em uma reviravolta que ficará marcada na história do MMA, Yair Rodriguez acertou uma belíssima cotovelada em Chan Sung Jung e terminou com a luta faltando apenas um segundo para o fim do combate no UFC Denver, no último sábado. O “Zumbi Coreano” que estava ganhando a luta até o momento crucial, lamentou o revés em entrevista para o site MMA Fighting.

“Não há desculpas. A todos que me ajudaram, eu sinto muito de verdade. A todos que me odeiam, parabéns. Não estou em condições de entrar em um avião, então passarei alguns dias no hospital antes de retornar à Coreia. Estou envergonhado, mas vejo vocês quando voltar pra casa”, desabafou Chan Sung Jung.

Aos 31 anos de idade, esse foi o segundo confronto do coreano após passar quatro anos afastado do octógono em decorrência de obrigações militares na Coréia do Sul. O “Zumbi”, retornou no ano passado vencendo Dennis Bermudez com um nocaute no primeiro round. Em 2013, lutou contra José Aldo pelo cinturão dos penas onde acabou derrotado por nocaute técnico.

Foto: Getty Images

Nocaute brutal rende bônus duplo para Yair Rodriguez no UFC Denver

O nocaute de Yair Rodriguez no UFC Fight Night 139 na madrugada deste sábado para domingo rendeu uma bonificação dupla para o mexicano. Perdendo a luta para o coreano Chan Sung Jung, o “Pantera” tirou da cartola uma cotovelada de baixo para cima aos 4m59s do quinto round o que lhe rendeu além do bônus de luta da noite o prêmio de performance.

Somando a bonificação, Yair ficou com US$ 100 mil (cerca de R$ 373 mil) enquanto Chan Sung Jung que acabou surpreendido no último segundo de luta, faturou US$ 50 mil (cerca de R$ 187 mil). Lutando em casa, Donald Cerrone levou a torcida da Pepsi Center em Denver, Colorado (EUA) à loucura após finalizar Mike Perry no primeiro round. O americano também ficou com o prêmio de performance.

Veja abaixo os resultados do UFC Denver:

CARD PRINCIPAL
Peso-pena: Yair Rodríguez venceu Chan Sung Jung por nocaute (cotovelada) aos 4m59s do quinto round
Peso-meio-médio: Donald Cerrone venceu Mike Perry por finalização (chave de braço) aos 4m40s do primeiro round
Peso-galo: Germaine de Randamie venceu Raquel Pennington por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)
Peso-leve: Beneil Dariush venceu Thiago Moisés por decisão unânime (30-25, 30-26, 30-26)
Peso-mosca: Maycee Barber venceu Hannah Cifers por nocaute técnico (socos) aos 2m01s do segundo round
Peso-leve: Mike Trizano venceu Luis Peña por decisão unânime (29-28, 28-29, 30-27)

CARD PRELIMINAR 

Peso-palha: Ashley Yoder venceu Amanda Cooper por decisão dividida (29-28, 27-30, 29-28)
Peso-pena: Bobby Moffett venceu Chas Skelly por nocaute técnico (técnica de finalização – triângulo de mão) aos 2m43s do segundo round
Peso-leve: Davi Ramos venceu John Gunther por finalização (mata-leão) aos 1m57s do primeiro round
Peso-leve:  Devonte Smith venceu Julian Erosa por nocaute aos 46s do primeiro round
Peso-mosca: Eric Shelton venceu Joseph Morales por decisão dividida (29-28, 27-30, 30-27)
Peso-mosca: Mark de la Rosa venceu Joby Sanchez por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Foto: Esther Lin - MMA Fighting

Yair Rodriguez nocauteia Zumbi Coreano com desfecho surpreendente no UFC Denver

Na luta mais aguardada do UFC Fight Night 139 em Denver, Colorado (EUA), um desfecho surpreendente finalizou a edição comemorativa dos 25 anos do UFC. O mexicano Yair Rodriguez na reta final da luta venceu Chan Sung Jung com um nocaute alucinante.

A luta: Como já era esperado, a luta começou tensa. Chan Sung buscava a iniciativa enquanto Rodriguez tentava o contragolpe. Em aproximação, o Zumbi Coreano conectou alguns ganchos no mexicano, que em sequência revidou com chute baixos. Chan Sung em outra blitz acertou bom golpe de direta em Rodriguez.

Na segunda etapa, o Zumbi Coreano começou encurralando Yair Rodriguez. O mexicano respondeu com um chute alto. Na continuação do confronto, o coreano tentou a queda, mas no clinche sofreu um golpe baixo. A luta reiniciou com Chan conectando um cruzado de direita, o “pantera” replicou com um chute alto. Em mais uma tentativa de queda do coreano, Chan Sung esbarrou na defesa de queda do mexicano. Na reta final, o combate esquentou com ambos indo para trocação franca.

O terceiro assalto também prosseguiu de forma frenética. Chan Sung conectava potentes socos na curta distância. Yair atingiu o coreano com alguns jabs e tentava incessantemente golpes ‘plásticos’. Já no quarto round, Chan Sung buscava encurtar a distancia. Rodriguez acertou em cheio um soco rodado. Em uma das aproximações Chan balançou o mexicano ao atingi-lo com um cruzado.

No último round, Rodriguez desferiu alguns pisões no joelho. O Zumbi Coreano entrava bem com socos retos no frontal de Yair. Em outra troca franca de golpes o coreano mais uma vez acertou um bom cruzado, dessa vez de esquerda. Faltando menos de 10 segundos para luta, Yair Rodriguez aproximou do Coreano e conectou uma belíssima cotovelada de baixo para cima apagando o coreano.

Final de luta, Yair Rodriguez é declarado o vencedor por nocaute aos 4m59s do quinto round.

FOTO: Mark J. Rebilas-USA TODAY Sports

UFC Denver: Yair Rodriguez x ‘Zumbi Coreano’

Aconteceu neste sábado para domingo, o UFC Fight Night 137. A edição foi comemorativa dos 25 anos de fundação do Ultimate, onde tudo começou, em Denver, Colorado (EUA). O confronto principal foi protagonizado pelo mexicano Yair Rodriguez e Chan Sung Jung pela categoria dos penas.

Dois brasileiros entrarão em ação. Davi Ramos venceu John Guther na quarta luta do card principal, enquanto Thiago Moisés estreou com derrota na organização diante do iraniano Beneil Dariush.

RESULTADOS EM TEMPO REAL:

CARD PRINCIPAL
Peso-pena: Yair Rodríguez venceu Chan Sung Jung por nocaute (cotovelada) aos 4m59s do quinto round
Peso-meio-médio: Donald Cerrone venceu Mike Perry por finalização (chave de braço) aos 4m40s do primeiro round
Peso-galo: Germaine de Randamie venceu Raquel Pennington por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)
Peso-leve: Beneil Dariush venceu Thiago Moisés por decisão unânime (30-25, 30-26, 30-26)
Peso-mosca: Maycee Barber venceu Hannah Cifers por nocaute técnico (socos) aos 2m01s do segundo round
Peso-leve: Mike Trizano venceu Luis Peña por decisão unânime (29-28, 28-29, 30-27)

CARD PRELIMINAR 

Peso-palha: Ashley Yoder venceu Amanda Cooper por decisão dividida (29-28, 27-30, 29-28)
Peso-pena: Bobby Moffett venceu Chas Skelly por nocaute técnico (técnica de finalização – triângulo de mão) aos 2m43s do segundo round
Peso-leve: Davi Ramos venceu John Gunther por finalização (mata-leão) aos 1m57s do primeiro round
Peso-leve:  Devonte Smith venceu Julian Erosa por nocaute aos 46s do primeiro round
Peso-mosca: Eric Shelton venceu Joseph Morales por decisão dividida (29-28, 27-30, 30-27)
Peso-mosca: Mark de la Rosa venceu Joby Sanchez por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Frankie Edgar sai do UFC Denver, e Yair Rodríguez o substitui contra Zumbi Coreano

A edição comemorativa de 25 anos do UFC sofreu uma importante baixa. Frankie Edgar sofreu uma lesão no bíceps e está fora da luta contra Chan Sung Jung no dia 10 de novembro em Colorado nos Estados Unidos. O Ultimate não perdeu tempo e escalou o mexicano Yair Rodriguez. A informação é da ESPN.

Uma das grandes promessas do MMA, Yair Rodriguez possui seis vitórias e apenas uma derrota no UFC. O único revés aconteceu diante de Frankie Edgar por nocaute técnico em maio de 2017. O mexicano de 26 anos foi demitido da organização neste ano após supostamente não aceitar algumas lutas que foram oferecidas. Entretanto, “Pantera” foi recontratado mas acabou adiando seu retorno devido lesões.

Afastado do octógono de 2013 à 2017, por cumprir serviço militar, Chan Sung Jung detém 14 vitórias e quatro derrotas. Em fevereiro de 2017, retornou ao esporte com vitória após vencer Dennis Bermudez por nocaute.

CARD DO EVENTO ATÉ O MOMENTO: 

CARD PRINCIPAL:
Peso-pena: Yair Rodríguez x Chan Sung Jung
Peso-meio-médio: Donald Cerrone x Mike Perry
Peso-galo: Raquel Pennington x Germaine de Randamie
Peso-mosca: Joseph Benavidez x Ray Borg
Peso-mosca: Maycee Barber x Hannah Cifers
Peso-leve: Mike Trizano x Luis Peña

CARD PRELIMINAR:
Peso-palha: Ashley Yoder x Amanda Cooper
Peso-pena: Chas Skelly x Bobby Moffett
Peso-leve: Beneil Dariush x Thiago Moisés
Peso-leve: Davi Ramos x John Gunther
Peso-mosca: Mark de la Rosa x Jordan Espinosa

FOTO: Getty Images
Yair Rodriguez é recontratado pelo UFC e lutará no UFC 228

Recém demitido, Yair Rodriguez é recontratado pelo UFC

Há três semanas atrás, o atleta Yair Rodriguez era o mais novo desligado da maior organização de MMA do mundo. Dana White, presidente do Ultimate, justificou a demissão do mexicano pelas reinternadas negativas para os combates propostos para ele.

A proposta para enfrentar Magomedsharipov e Ricardo Lamas, segundo o presidente, o foi feita para Yair Rodriguez, mas houve a recusa do peso pena. A dispensa para esses dois combates tirou Dana White do sério, que resolveu cortar o vinculo contratual do lutador.

Leia mais:
Yair Rodriguez é demitido do UFC após rejeitar lutas
Yair Rodriguez esclarece demissão do UFC e afirma sair sem “mágoas”
UFC emite nota após prisão de Nick Diaz por violência domestica

Porém a história não se acabou por aí e, o jovem lutador conseguiu o seu retorno após breve momento fora. Foi por meio de suas redes sociais oficiais que Yair Rodriguez. O lutador atribuiu ao ocorrido como “uma grande falta de comunicação”.

Além disso, o agora recém recontratado anunciou que já esta de luta marcada. Ele enfrentará Zabit Magomedsharipov, no dia 8 de setembro, em Las Vegas, pela edição de número 228 do UFC.

— Agradeço a todos os meus fãs, amigos e familiares pelo apoio da minha carreira. Também gostaria de agradecer a todas as empresas que demonstraram interesse em minha pessoa e trabalho. – Sean Shelby e eu temos um amigo em comum, Mario Delgado. Ele foi a conexão entre nós e ajudou a estabelecer uma reunião entre Sean e eu, onde tivemos uma conversa amigável durante o almoço de sexta-feira. Percebemos que o que aconteceu foi uma grande falta de comunicação e um momento ruim.

Depois da conversa, fico feliz em saber que o UFC e eu estamos nos melhores termos e agora estou de volta aos trilhos para perseguir meu sonho de me tornar campeão do UFC.

Zabit Magomedsharipov, vejo vocês em 8 de setembro em Las Vegas.

Respeitosamente: Yair Rodriguez.
Viva México ! ?? – Dizia a publicação de Rodriguez.

CARREIRA DE YAIR RODRIGUEZ

O lutador mexicano atualmente está com 25 anos e prestes a fazer um ano que não sobe no octógono. Sua última luta foi contra Frankie Edgar em 13 de maio de 2017, onde foi nocauteado pelo americano.

Rodriguez estava do UFC desde 2014 e, fez sua estreia no UFC 180. Dentro da organização fez sete combates, perdendo apenas uma vez. Era o atual 14º do ranking dos penas, mas mesmo assim não se livrou da demissão.

No geral, como lutador profissional de MMA, fez 12 lutas, saindo como o vencedor em 10 oportunidades e somando outros 2 revezes.

Foto: Mark J. Rebilas-USA TODAY Sports

Yair Rodriguez esclarece demissão do UFC e afirma sair sem “mágoas”

Há dias atrás, o “mundo” do MMA foi pego de surpresa com a declaração do presidente do UFC Dana White, após o manda-chuva afirmar que mexicano Yair Rodriguez não fazia mais parte do plantel de lutadores do UFC. Estrela em ascensão no Ultimate, segundo Dana, o peso-pena teria recusado algumas lutas, incluindo contra o russo Zabit Magomedsharipov.

Em entrevista exclusiva para o programa “The MMA Hour”, Yair revelou aceitar um duelo contra Josh Emmett em fevereiro, entretanto, o americano acabou enfrentando Jeremy Stephens.

“Conversei com Sean Shelby (matchmaker do UFC) e disse que era capaz de lutar contra Josh Emmett em fevereiro, em Orlando, para encabeçar esse evento. Eu aceitei. Dei um passo, e ouvi que Josh Emmett não aceitaria a luta, ou não sei se o UFC não queria dar para mim ou o que quer que fosse. Jeremy Stephens levou essa luta.”

O “Pantera” também relatou uma nova conversa com Sean Shelby, onde alega que pediu para lutar com um top 10 da categoria.

“Então, depois disso, nos sentamos novamente com o UFC e conversamos sobre alguns outros adversários. Conversei com Sean Shelby e ele me disse: “O que você tem em mente?” Disse a ele que achava que merecia pelo menos um top 10 (adversário). Não importa o que aconteça, acho que mereço um top 10 pelo que já mostrei no UFC. Sou 6-1 no UFC. Nem todos os lutadores do UFC têm o mesmo recorde que eu. Sei que ainda sou uma estrela em ascensão para o esporte, mas sei que já fiz muito. Sei que os fãs tenho dentro do esporte e não acho que eu tenha que mostrar para ninguém que eu não estou com medo”.

Com um cartel com 10 vitórias e apenas duas derrotas, no UFC Rodrigues vinha de 6 vitórias até ser brutalmente derrotado pelo ex-campeão Frankie Edgar por nocaute técnico no UFC 211. Apesar de confirmar a oferta do UFC para enfrentar a promessa russa Zabit Magomedsharipov no UFC 227, o prospecto mexicano afirmou a recusa inicial decorrente de baixos valores ofertados.

“A luta com Zabit estava causando muita publicidade nas redes sociais. Pensei: “tudo bem, isso vai ser ótimo”. Comecei a olhar para o grande potencial dessa luta (…). Isso estava fazendo muito sentido por conta do confronto de estilos. Vimos um grande potencial de renegociar meu contrato. Houve uma negociação em que se eles quisessem que eu lutasse com ele em Los Angeles (no UFC 227), eu apenas queria que me pagassem mais. Eu tinha dito que queria lutar com um top 10. Não estou escolhendo meus oponentes, só estou dizendo que mereço um top 10. Qualquer um. Eu também pedi o Chan Sung Jung, mas me disseram que ele não estava pronto, apesar de ter postado algumas coisas no Twitter dizendo que queria lutar com Frankie”.

Leia também: Fabrício Werdum é flagrado em exame antidoping

Após o UFC negar seu pedido, Yair afirmou que pediu para enfrentar Zabit na Rússia, entretanto a nova solicitação também foi negada.

“Eu estava tipo: “ok, vou lutar com Zabit se você me der mais dinheiro em Los Angeles, porque eu entendo o quão grande é um evento”, e eles disseram “não”. Se você não quer me dar mais dinheiro para lutar com ele em Los Angeles, por que você não me dá a luta na Rússia, e não há necessidade de fazer qualquer negociação para isso. Eu quero ele na Rússia. Por quê? Porque ele estava me chamando. Sou o cara que nunca falo muito, apenas ajo. Não tenho que falar sobre isso nas minhas mídias sociais. Eles nem sequer queriam dar para mim a luta na Rússia. Você não quer me dar mais dinheiro para lutar com ele em Los Angeles, não quer me dar um top 10. Agora vejo como estão as coisas”.

Durante os rumores de enfrentar Magomedsharipov, o peso-pena postou em uma rede social a tag ¨FakeNews, desmentindo os boatos. Em seguida, Dana White oficializou sua demissão alegando que a notícia era verdadeira.

Apesar da saída conturbada da organização, Yair Rodriguez alegou não guardar mágoas e revelou já ter propostas de outros eventos.

“Sem ressentimentos. Você tem que seguir em frente. As pessoas vivem muito no passado. Uma das coisas que aprendi é que se você está vivendo no passado, está deprimido. Se você está vivendo no futuro, você está ansioso. Se você vive no presente, você é feliz. Então, tenho aprendido lentamente como estar aqui e viver o momento, viver no presente e não deixar que nada me incomode. Não posso deixar que pequenas coisas me incomodem pelo resto da minha vida. Não posso falar muito sobre isso (novas propostas), mas houve ofertas. Há ofertas muito boas na mesa, mas você ouvirá em breve o que acontecerá comigo. Estou feliz. Claro, você sempre quer mais porque acha que merece mais. Ninguém está feliz com o tem. Mas estou muito feliz com as ofertas, estou feliz com o que está na mesa agora”, finalizou o agora ex-UFC.

Yair Rodriguez é demitido do UFC após recusar luta

Yair Rodriguez é demitido do UFC após rejeitar lutas

O lutador Yair Rodriguez é o mais novo lutador sem emprego, após recusar combate, provocando a fúria do presidente. O mexicano foi cotado em vários portais de MMA nacionais e internacionais como próximo adversário de Zabit Magomedsharipov. Porém, isso era uma ‘Fake News’ de uma luta que ainda estava sendo negociada.

A proposta para enfrentar Magomedsharipov e, além dele, o Ricardo Lamas, de fato foi feita para Yair Rodriguez, mas houve a recusa do peso pena. A dispensa para esses dois combates tirou Dana White do sério, que resolveu cortar o vinculo contratual do lutador.

Leia mais:
UFC confirma ESPN como nova responsável por direitos de transmissão nos Estados Unidos
Georges St-Pierre deve enfrentar Nate Diaz no UFC 227
Confira todos os salários do UFC 223

A informação sobre a demissão de Yair Rodriguez da maior organização de MMA do mundo, foi dada pelo próprio presidente. Dana White contou para o Los Angeles Times que o mexicano não pertence mais ao seu plantel de funcionários.

— O cara está fora de um ano, rejeita uma luta contra (Ricardo) Lamas e depois não quer lutar com um cara (Zabit Magomedsharipov) abaixo dele no ranking?. Ele pode ir para outro lugar. Não temos utilidade para ele. – disparou o presidente em entrevista.

O lutador ainda não veio a público para comentar a sua demissão e a declaração do agora ex-patrão. De igual forma, a equipe do lutador também não se pronunciou ainda sobre o ocorrido.

Dessa maneira, o atleta mexicano está livre para assinar com outras organizações de MMA. Vários atletas do Ultimate veem migrando para o Bellator MMA, que também é uma organização gigantesca.

Carreira de Yair Rodriguez

O lutador mexicano atualmente está com 25 anos e prestes a fazer um ano que não sobe no octogono. Sua última luta foi contra Frankie Edgar em 13 de maio de 2017, onde foi nocauteado pelo americano.

Rodriguez estava do UFC desde 2014 e, fez sua estreia no UFC 180. Dentro da organização fez sete combates, perdendo apenas uma vez. Era o atual 14º do ranking dos penas, mas mesmo assim não se livrou da demissão.

No geral, como lutador profissional de MMA, fez 12 lutas, saindo como o vencedor em 10 oportunidades e somando outros 2 revezes.

Confira a lista de suspensão médica do UFC 211

Como de ocorre rotineiramente, sempre que acontece um evento, em virtude do MMA ser um esporte de constante contato físico, acontecem algumas lesões entre os atletas, sendo na grande maioria das vezes, de cunho leve, ou seja, nada grave.

Sábado passado (13) o Ultimate foi até o Dallas, no Texas para realizar o evento de número 211 da organização. Como as principais atrações estavam as disputas de cinturão do peso pesado e da divisão do peso palha feminino.

3 (Três) brasileiros estavam presentes no  card, Demiam Maia venceu por decisão dividida Jorge Masvidal. Jessica ‘bate-estaca’ Andrade era desafiante ao título do peso palha, mas perdeu para Joanna Jedrzejczyk por decisão unânime dos árbitros, outro brasileiro que lutou e amargou o gosto da derrota foi Junior Cigano, ele tentou tomar o cinturão dos pesados que pertence a Stipe Miocic, mas sucumbiu aos duros socos de seu adversário logo no primeiro round. Ambos os atletas brasileiros sofreram suspensões.

Veja a lista divulgada:
Stipe Miocic: suspensão de 7 dias
Junior Cigano: suspensão de 45 dias
Joanna Jedrzejczyk: suspensão de 15 dias
Jessica Andrade: suspensão de 15 dias
Demian Maia: suspensão de 10 dias
Jorge Masvidal: suspensão de 10 dias
Frankie Edgar: suspensão de 10 dias
Yair Rodriguez: suspensão de 45 dias
Dustin Poirier: suspensão de 45 dias
Eddie Alvarez: suspensão de 30 dias
Jason Knight: suspensão de 45 dias
Chas Skelly: suspensão de 60 dias
David Branch: suspensão de 10 dias
Krzystof Jotko: suspensão de 10 dias
James Vick: suspensão de 7 dias
Marco Polo Reyes: suspensão de 30 dias
Cortney Casey: suspensão de 10 dias
Jessica Aguilar: suspensão de 10dias
Chase Sherman: suspensão de 7 dias
Rashad Coulter: suspensão de 40 dias
Enrique Barzola: suspensão de 10dias
Gabriel Benitez: suspensão de 180 dias
Gadzhimurad Anntigulov: suspensão de 7dias
Joachim Christensen: suspenso por 7 dias

Confira os salários do UFC 211

No último sábado (13) aconteceu mais um mega evento da maior organização de MMA do mundo e, dessa vez o UFC levou a sua mega estrutura até o Dallas, no Texas para duas disputas de cinturão, sendo a luta principal o duelo Stipe Miocic x Cigano dos Santos e o co-evento Joanna Jedrzejczyk x Jessica Andrade.

O resultado não foi bom para os brasileiros que disputaram os cinturões naquela noite. O peso pesado foi nocauteado ainda no primeiro round e, Jessica ‘Bate-Estaca’ Andrade foi vencida por decisão unânime dos juízes.

Em relação aos pagamentos desse evento, a maior bolsa, como já era esperado, foi para o campeão que manteve o seu título dos pesados sobre Cigano, Stipe Miocic embolsou $690,000 (cerca de R$ 2.146.000 – dois milhões, cento e quarenta e seis mil reais). Já a segunda maior bolsa da noite foi um ótimo o consolo para Junior ‘Cigano’ que faturou $430,000 ( cerca de R$ 1.337.000 – um milhão, trezentos e trinta e sete reais).

Os valores listado abaixo, é a soma da bolsa paga pelo UFC, patrocínio pago pela Reebok e um eventual bônus conquistado, ambos somados e exposto em dólares e em reais, respectivamente. (alguns valores são arredondados para melhor assimilação do número).

Stipe Miocic: $690.000 // R$ 2.146.000
Junior dos Santos: $430.000 // R$ 1.337.000
Joanna Jedrzejczyk: $270.000 // R$ 840.000
Jessica Andrade: $130.000 // R$ 404.300
Demian Maia: $188.000 // R$ 585.000
Jorge Masvidal: $81.000 // R$ 252.000
Frankie Edgar: $420.000 // R$ 1.306.000
Yair Rodriguez: $57.000 // R$ 177.000
David Branch: $102.500 // R$ 319.000
Krzysztof Jotko: $25.000 // R$ 78.000
Eddie Alvarez: $152.500 // R$ 474.000
Dustin Poirier: $74.000 // R$ 230.000
Jason Knight: $84.500 // R$ 263.000
Chas Skelly: $27.500 // R$ 85.500
Chase Sherman: $72,500 // R$ 225.500
Rashad Coulter: $62,500 // R$ 194.400
James Vick: $52,500 // R$ 163.300
Marco Polo Reyes: $18,500 // R$ 57.500
Cortney Casey: $49,000 // R$ 152.400
Jessica Aguilar: $12,500 // R$ 38.900
Enrique Barzola: $32,500 // R$ 101.000
Gabriel Benitez: $18,500 // R$ 57.500
Gadzhimurad Antigulov: $26,500 // R$ 82.500
Joachim Christensen: $14,500 // R$ 45.000
Sergio Pettis: $30,000 // R$ 93.000
Michel Quinones: $10,000 // R$ 31.100

Resultados – UFC 211: Stipe Miocic x Junior Cigano 2

Resultados - UFC 211: Stipe Miocic x Junior Cigano 2 1
Imagem: Dave Mandel- Sherdog

O Ultimate desembarca neste sábado (13) em Dallas, Texas nos Estados Unidos na American Airlines Center.

Na luta principal, Stipe Miocic defende o cinturão dos pesados contra Junior Cigano. Na luta co-principal, Joanna Jedrzejczyk defende o cinturão dos palhas contra a brasileira Jessica Andrade.

Outro brasileiro em ação será Demian Maia. O fenômeno do jiu-jitsu irá enfrentar o americano Jorge Masvidal de olho em uma chance pelo cinturão meio médio.

Resultados em tempo real

CARD PRINCIPAL 
Peso-pesado: Stipe Miocic venceu Junior Cigano por nocaute técnico aos 2m22s do primeiro round
Peso-palha: Joanna Jedrzejczyk venceu Jéssica Bate-Estaca na decisão unânime (50-45, 50-44, 50-45)
Peso-meio-médio: Demian Maia venceu Jorge Masvidal na decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
Peso-pena: Frankie Edgar venceu Yair Rodríguez por nocaute técnico (interrupção médica) aos 5m do segundo round
Peso-médio: David Branch venceu Krzysztof Jotko na decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
CARD PRELIMINAR 
Peso-leve: Eddie Alvarez e Dustin Poirier foi declarado como “Luta sem resultado” (Joelhada ilegal)
Peso-pena: Jason Knight venceu Chas Skelly por nocaute técnico aos 39s do terceiro round
Peso-pesado: Chase Sherman venceu Rashad Coulter por nocaute técnico aos 3m36s do segundo round
Peso-leve: James Vick venceu Marco Polo Reyes por nocaute técnico aos 2m39s do primeiro round
Peso-palha: Courtney Casey venceu Jessica Aguilar na decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)
Peso-pena: Enrique Barzola venceu Gabriel Benítez na decisão unânime  (29-28, 29-28, 29-28)
Peso-meio-pesado: Gadzhimurad Antigulov venceu Joachim Christensen por finalização (mata leão) aos 2m21s do primeiro round

Frankie Edgar enfrenta Yair Rodriguez no UFC 211

Frankie Edgar enfrenta Yair Rodriguez no UFC 211 2
Imagem: Reprodução

O UFC 211 ganhou mais um ótimo combate. Será entre o americano Frankie Edgar e o mexicano Yair Rodriguez pela categoria dos penas.

Depois de perder a disputa do cinturão interino para José Aldo no UFC 200, Frankie Edgar voltou ao caminho das vitórias, ao vencer Jeremy Stephens na decisão unânime no UFC 205. Edgar possui 21 vitórias e cinco derrotas em sua carreira.

A grande promessa, Yair Rodriguez, vai em busca da nova vitória consecutiva. O mexicano de 24 anos venceu recentemente no UFC Fight Night 103, BJ Penn por nocaute técnico.

O UFC 211 será realizado no dia 13 de maio em Dallas, Texas, Estados Unidos.

Stipe Miocic x Junior dos Santos * Disputa de cinturão dos pesados
Joanna Jedrzejczyk x Jéssica Andrade * Disputa de cinturão dos palhas
Demian Maia x Jorge Masvidal
Fabrício Werdum x Adversário a ser anunciado
Frankie Edgar x Yair Rodriguez
Eddie Alvarez x Dustin Poirier
Henry Cejudo x Sergio Pettis
David Branch x Krzysztof Jotko
Gabriel Benitez x Enrique Barzola
Jarjis Danho x Dmitry Poberezhets

Mesmo perdendo BJ Penn recebe a maior bolsa do evento

Mesmo perdendo BJ Penn recebe a maior bolsa do evento 3
Yair venceu BJ Penn com muita facilidade mas ficou em segundo lugar na fila do pagamento. (Foto: Zuffa LLC via Getty Images)

Nesta terça-feira (17) foi divulgada a bolsa dos atletas do UFC que subiram no octógono para confrontar seus adversários. A lenda BJ Penn, mesmo sendo nocauteado no segundo round por Yair Rodriguez, foi o lutador mais bem pago da edição do Ultimate realizado em Phoenix.

BJ Penn embolsou US$ 150.000 (cento e cinquenta mil dólares – cerca de 480 mil reais) e, Yair Rodriguez que atropelou o veterano, faturou US$ 100.000 (cem mil dólares – cerca de 320 mil reais).

Confira todos os valores: 

Card Principal (FOX Sports 1)
Yair Rodriguez ($50,000 + $50,000 = $100,000)
B.J. Penn ($150,000)
Joe Lauzon ($58,000 + $58,000 = $116,000)
Marcin Held ($20,000)
Ben Saunders ($20,000 + $20,000 = $40,000)
Court McGee ($35,000)
Sergio Pettis ($27,000 + $27,000 = $54,000)
John Moraga ($28,000)

Card Preliminar (FOX Sports 1)
Drakkar Klose
($10,000 + $10,000 = $20,000)
Devin Powell ($10,000)
Augusto Mendes ($10,000 + $10,000 = $20,000)
Frankie Saenz ($20,000)
Aleksei Oleinik ($24,000 + $24,000 = $48,000)
Viktor Pesta ($10,000)
Tony Martin ($16,000 + $16,000 = $32,000)
Alex White ($14,000)

Card Preliminar (UFC Fight Pass)
Nina Ansaroff ($10,000 + $10,000 = $20,000)
Jocelyn Jones-Lybarger ($10,000)
Walt Harris ($12,000 + $12,000 = $24,000)
Chase Sherman ($10,000)
Joachim Christensen ($10,000 + $10,000 = $20,000)
Bojan Mihaljovic ($10,000)
Cyril Asker ($10,000 + $10,000 = $20,000)
Dmitri Smoliakov ($10,000)



UFC Phoenix; Yair Rodriguez vence BJ Penn por nocaute técnico na luta principal

UFC Phoenix; Yair Rodriguez vence BJ Penn por nocaute técnico na luta principal 4
Reprodução: Getty Images

O UFC Fight Night 103 foi realizado no Talking Stick Resort Arena, em Phoenix, Arizona. Na luta principal, a promessa mexicana Yair Rodriguez encarou o ex-campeão dos leves e meio médio, BJ Penn.

Assim como na teoria, Yair Rodriguez comprovou o favoritismo e venceu de forma dominante o Havaiano BJ Penn. O combate começou com BJ buscando encurtar a distância, entretanto, com seu taekwondo, Yair Rodriguez acertou golpes potentes.

Assim como acabou o primeiro round, o segundo começou com Yair desferindo fortes golpes. Em uma sequencia avassaladora aos 44 segundos de luta, o juiz interferiu o combate. Agora, Yair acumula sua sexta vitória consecutiva dentro do UFC.

Confira os resultados:

CARD PRINCIPAL 
Peso-pena: Yair Rodríguez venceu BJ Penn por nocaute técnico no segundo round aos 0:24s
Peso-leve: Joe Lauzon venceu Marcin Held na decisão dividida. (29-28, 27-30, 29-28)
Peso meio médio: Ben Saunders venceu Court McGeena decisão unânime. (29-28, 29-28, 29-28)
Peso mosca: Sergio Pettis venceu John Moraga na decisão unânime. (29-28, 29-28, 30-27)
CARD PRELIMINAR 
Drakkar Klose venceu Devin Powell na decisão unanime. (30-27, 30-27, 30-27)
Peso-galo:Augusto Tanquinho venceu Frankie Saenz na decisão dividida. (29-28, 28-29, 29-28)
Peso-pesado: Aleksei Oleinik venceu Viktor Pesta por finalização aos 2:57 do primeiro round.
Peso-leve: Tony Martin venceu Alex White na decisão unânime. Triplo (30-27) 
Peso-palha: Nina Ansaroff venceu Jocelyn Jones-Lybarger por finalização aos 3:39 no segundo round.
Peso-pesado: Walt Harris venceu Chase Sherman por nocaute aos 2:41 no segundo round.
Peso-meio-pesado: Joachim Christensen venceu Bojan Mihajlovic por nocaute técnico aos 3:05 do terceiro round.
Peso-pesado: Cyril Asker venceu Dmitry Smolyakov por nocaute técnico aos 2:41 do primeiro round.