Tag: Rory MacDonald

Bellator 222: Lyoto Machida atropela e aposenta Chael Sonnen em Nova York

O Bellator 222 realizou uma edição estelar no Madison Square Garden, em Nova York, nesta sexta-feira (14). A luta principal foi entre Rory MacDonald e Neiman Gracie, com vitória para o primeiro. Porém, quem roubou a cena foi Lyoto Machida e Chael Sonnen.

A penúltima luta da noite reuniu os dois veteranos. Sonnen como de praxe foi com tudo para tentar derrubar Lyoto, que se desvencilhou facilmente e acertou uma joelhada voadora que desmontou Sonnen. No segundo round, Lyoto rapidamente soltou outra joelhada que levou o americano ao chão, terminando a luta com um duro ground and pound. Ao fim do combate, Chael Sonnen anunciou sua aposentadoria.

Na luta principal da noite, Rory MacDonald confirmou seu favoritismo e venceu Neiman Gracie por decisão unânime. A luta foi válida pela semifinal do GP dos meio-médios e com isso, MacDonald fará uma revanche com o brasileiro Douglas Lima.

Ainda no card principal, o brasileiro Eduardo Dantas foi brutalmente nocauteado pelo espanhol Juan Archuleta, que ao fim do combate desafiou o campeão peso-galo Kyoji Horiguchi.

Bellator 222

CARD PRINCIPAL
Rory MacDonald venceu Neiman Gracie na decisão unânime (49-46, 48-47 e 48-47)
Lyoto Machida venceu Chael Sonnen por nocaute técnico aos 22s do R2
Dillon Danis finalizou Max Humphrey aos 4m28s do R1
Patrick Mix venceu Ricky Bandejas por finalização a 1m06s do R1
Juan Archuleta venceu Eduardo Dantas por nocaute aos 4m59s do R2
Kyoji Horiguchi venceu Darrion Caldwell na decisão unânime (48-47, 49-46 e 49-46)
CARD PRELIMINAR
Adam Borics venceu Aaron Pico por nocaute aos 3m55s do R3
Taylor Turner venceu Heather Hardy por nocaute técnico aos 3m53s do R1
Valerie Loureda venceu Larkyn Dasch na decisão unânime (29-28, 30-27 e 30-27)
Robson Gracie Jr. venceu Oscar Vera por finalização aos 3m15s do R1
Mike Kimbel venceu Sebastian Ruiz na decisão dividida (28-29, 30-27 e 30-27)
Haim Gozali venceu Gustavo Wurlitzer por finalização aos 4m2s do R1
Lindsay VanZandt venceu Rena Kubota por finalização aos 4m4s do R1
Phil Hawes venceu Michael Wilcox por nocaute técnico aos 5m do R2
Marcus Surin venceu Nekruz Mirkhojaev na decisão dividida (30-27, 27-29 e 29-27)
Brandon Polcare finalizou Brandon Medina aos 4m33s do R1
Kastriot Xhema venceu Whitney Jean François por nocaute técnico aos 3m17s do R2
John Beneduce venceu Kenny Rivera por decisão unânime (30-26, 30-27 e 30-27)

Bellator 206: Gegard Mousasi nocauteia Rory MacDonald

Bellator 206: Gegard Mousasi nocauteia Rory MacDonald

A luta principal do lendário Bellator 206, foi a disputa de cinturão entre Gegard Mousasi x Rory MacDonald. Um duelo válido pela divisão dos médios da organização. Mais uma luta de ex-UFC’s na noite de lutas.

A luta começou bastante tensa, com o Gegard Mousasi emplacando um bom direto no frontal do Rory MacDonald. O duelo seguia no centro do cage, mas a trocação era discreta, sem ninguém se arriscar. Em um primeiro round muito técnico Gegard Mousasi larga na frente. Mesmo com a batalha parelha, este se impôs mais e ditou o ritmo.

Leia também: Confira todos os resultados do Bellator 206

Para o segundo round o Rory MacDonald começou golpeando, mas logo foi respondido. Em uma investida na luta no solo, MacDonald levou a pior. Gegard Mousasi caiu por cima e martelou de cima para baixo. Os duros socos logo quebraram o nariz do Rory, que ficou no atraso. Gegard Mousasi  conseguiu a montada e deu início a um verdadeiro castigo.

Sem ter como de defender, das cotoveladas de Gegard Mousasi, o juiz interviu e foi decretado o nocaute técnico.  Com isso, Mousasi leva o cinturão do Bellator para casa mais uma vez. Essa que foi sua primeira defesa de cinturão na organização.

Ainda dentro do cage, o campeão deu entrevista e pediu adversário. Mousasi pediu para enfrentar o brasileiro Lyoto Machida. O brasileiro que estava como comentarista do Bellator 206 na Fox Sports Brasil aceitou prontamente o desafio. O ‘The Dragon’ ressaltou que tem combate marcado para sua estreia, mas deixou em aberto para após esse compromisso.

Foto: Steve Flynn-USA TODAY Sports

Bellator 206 – Resultados: Gegard Mousasi x Rory MacDonald

Aconteceu neste sábado (29) o Bellator 206. Diretamente da SAP Center, em San Jose, Califórnia, nos Estados Unidos. No confronto principal, Gegard Mousasi defendeu o cinturão dos médios contra Rory MacDonald, que atualmente detém o cinturão meio-médio.

No co-main event, a lenda brasileira Wanderlei Silva duelou pela quarta vez diante de Quinton Rampage Jackson. O brasileiro possuía duas vitórias e uma derrota contra o americano. Outro brasileiro foi Douglas Lima. Em embate pelo GP meio-médio, o goiano enfrentou o russo Andrey Koreshkov.

CONFIRA OS RESULTADOS EM TEMPO REAL:

Card principal
Gegard Mousasi venceu Rory MacDonald por nocaute técnico 3m23s do segundo round
Rampage Jackson venceu Wanderlei Silva por nocaute técnico aos 4m32s do segundo round
Douglas Lima venceu Andrey Koreshkov por finalização (mata-leão) ao 3m4s do quinto round
Aaron Pico venceu Leandro Higo por nocaute técnico aos 3m19s do primeiro round
Keri Melendez venceu Dakota Zimmerman por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
Gaston Bolanos venceu Ysidro Gutierrez por nocaute técnico aos 1m37s do segundo round

Card preliminar
Adam Piccolotti venceu James Terry por decisão unânime (29-28, 30-27, 30-27)
Cass Bell venceu Ty Costa por finalização aos 3m06s do primeiro round
Arlene Blencowe venceu Amber Leibrock por nocaute técnico aos 1m23s do terceiro round
Jeremiah Labiano venceu Justin Smitley por nocaute técnico aos 3m28s do primeiro round
Josh San Diego venceu Joe Neal por decisão dividida (28-29, 30-27, 29-28)
Chuck Campbell venceu Joseph Ramirez por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)
Anthony Figueroa Jr. venceu Samuel Romero por decisão unânime (29-27, 28-26, 29-26)

FOTO: Reprodução-Bellator MMA

Bellator divulga chaveamento de torneio dos meio-médios

O Bellator divulgou nesta segunda-feira (06), os confrontos do GP dos meios-médios. O primeiro embate ficará por conta do brasileiro Douglas Lima contra russo Andrey Koreshkov pelo Bellator 206 no dia 29 de setembro. No mesmo lado da “chave”, Paul Daley duela contra Michael Page. No outro lado, Neiman Gracie e Ed Ruth se enfrentam de olho na outra luta luta entre Rory MacDonald e Jon Fitch

Leia também: GSP sinaliza retorno contra vencedor de Khabib x Conor

A novidade fica por conta do cinturão dos meios-médios que pertence atualmente a Rory MacDonald. O título estará em jogo na competição, e para o canadense manter o título terá que vencer o torneio, segundo as regras. Também vale lembrar que McDonald disputará o cinturão dos médios contra Gegard Mousasi no Bellator 206.

Talvez a luta de maior expectativa na primeira rodada, Paul Daley e Michael Page irão fazer uma luta cercada de bastante polêmica. Os dois nos últimos meses vem se provocando pelas redes sociais e deverão fazer um agitado confronto. Page vem invicto na carreira com 13 vitórias consecutivas, enquanto Daley possui 40 vitórias, 16 derrotas e dois empates.

Lorenz Larkin e Yaroslav Amosov também estão envolvidos no GP. Ambos irão fazer um combate reserva, no qual o vencedor estará escalado para substituir qualquer atleta em caso de confrontos cancelados decorrente de lesões.

FOTO: Esther Lin -MMA Fighting

Bellator anuncia participantes de torneio dos meios-médios

Durante uma coletiva de imprensa nesta terça-feira (17), o Bellator anunciou os lutadores que farão parte do torneio dos meio-médios. Confira os nomes: Rory MacDonald, Michael Page, Douglas Lima, Neiman Gracie, Jon Fitch, Lorenz Larkin, Ed Ruth, Andrey Koreshkov e Aroslav Amazov. 

O primeiro combate confirmado, será entre Douglas Lima e Andrey Koreshkov no dia 29 de setembro, no Bellator 205. Para o mesmo dia, o evento terá o duelo entre Rory MacDonald contra o campeão Gegard Mousasi pelo cinturão dos médios. O canadense, deverá participar do GP em fevereiro, conforme afirmou Scott Coker, presidente da organização.

Leia também: Ainda se recuperando de lesões, Whittaker deverá voltar somente em 2019

Esse será o terceiro embate entre Douglas e Koreshkov. O primeiro aconteceu em 2015, onde o russo venceu por decisão unânime, e consequentemente obteve o cinturão. Na revanche marcada para 2016, Douglas recuperou o título após nocauteá-lo.

Uma das sensações do Bellator, Michael Page falou sobre a expectativa para a disputa: “É um prazer fazer parte do Bellator. Mal posso esperar para que esse GP aconteça, porque quero mostrar ao mundo inteiro do que eu sou capaz. Estou aqui para representar a minha família e estou ansioso para lutar.”

Gegard Mousasi enfrenta Rory MacDonald no Bellator pelo cinturão dos médios

Um grande combate está confirmado para o dia 29 de setembro no Bellator. Conforme noticiou inicialmente a ESPN, o iraniano Gegard Mousadi defenderá o cinturão dos médios contra Rory MacDonald na cidade de San José na Califórnia.

Gegard Mousasi deixou o UFC em 2017 com uma sequência de cinco vitórias seguidas. Após não entrar em um acordo com o Ultimate, o iraniano assinou com o Bellator e logo na estreia derrotou Alexander Shlemenko por decisão unânime. Em maio desse ano, Mousasi conquistou o cinturão dos médios após vencer Rafael Carvalho por nocaute técnico no Bellator 200.

Leia também: Stephen Thompson revela rompimento do ligamento no joelho em luta contra Darren Till

Grande nome do MMA canadense, Rory MacDonald tentará emplacar a terceira vitória seguida. Ex-desafiante ao cinturão dos meio-médios do UFC, Rory chegou no Bellator em 2017 e no primeiro duelo, venceu Paul Daley por finalização. Na edição de número 192, conquistou o cinturão dos meio-médios após bater o brasileiro Douglas Lima por decisão unânime.

Ontem (20), o brasileiro Wanderlei Silva confirmou um combate contra Quinton Rampage Jackson para o mesmo evento em San José na Califórnia no dia 29 de setembro. Até o momento, a organização ainda não confirmou qual é a numeração do evento.

Mousasi revela desejo de enfrentar Rory MacDonald após Bellator 200

Ex-UFC, Gegard Mousasi segue trilhando seu caminho no Bellator. Em entrevista ao programa “The MMA Hour”, o iraniano radicado na Holanda revelou que pretende enfrentar o canadense Rory MacDonaldo após o Bellator 200, no qual enfrentará o campeão meio-médio Rafael Carvalho.

“Depois de enfrentar o Carvalho, espero que possamos fazer essa luta. Ele (Rory MacDonald) poderá mostrar suas habilidades. O seu estilo é perfeito para mim. Ele anda pra frente e, provavelmente, vou dar uma surra nele”.

Leia também: Holloway descarta Conor McGregor e afirma: “Quero o Khabib”
Tyron Woodley diz que vai treinar Floyd Mayweather para o MMA

Aos 32 anos, Gegard Mousasi detém na carreira 43 vitórias, seis derrotas e dois empates. Veterano no esporte, “The DreamCatcher” além de passagem pelo UFC, também acumula em sua vasta carreira o cinturão meio-pesado no extinto evento Strikeforce.

Bellator 192: Chael Sonnen vence Rampage e avança as semifinais do GP; Rory MacDonald conquista cinturão dos meio-médios

Foi realizado neste sábado (20), no The Forum, em Inglewood, Califórnia, nos Estados Unidos, o Bellator 192, que marcou o início do tão esperado Grand Prix dos pesos pesados e também, contou uma disputa de cinturão na divisão dos meio-médios da franquia presidida por Scott Coker.

Na luta principal, o ‘gangster’ americano e falastrão Chael Sonnen desbancou o ex-campeão dos pesos pesados do UFC Quinton ‘Jackson’ na decisão unânime dos árbitros laterais e avançou para as semifinais do Grand Prix dos pesos pesados do Bellator, e agora, irá enfrentar o vencedor do duelo entre o ex-campeão do extinto Pride FC Fedor Emelianenko e o ex-campeão dos pesos pesados do UFC Frank Mir, que vão lutar em abril.

No co-main event, o canadense Rory MacDonald fez um lutão diante do brasileiro Douglas ‘The Phenom’ Lima e conquistou o cinturão da divisão dos meio-médios. Douglas mesmo com a derrota, deve ficar com a cabeça erguida, pois fez um estrago enorme nas pernas do canadense com seus potentes ‘lowkicks’.

Ex-campeão dos leves, Michael Chandler também teve uma performance fantástica e desbancou o nipo-brasileiro Goiti Yamauchi também na decisão dos juízes laterais, batendo um recorde da organização, anotando sua décima quarta vitória, enquanto Aaron Pico, quebrou a banca e com um belo de um upper no corpo de Shane Kruchten, conseguiu o segundo nocaute seguido.

Filho da lenda Royce Gracie (primeiro campeão do UFC na história), não se deu bem e acabou derrotado em sua estreia no MMA para o norte americano Devon Brock, e o outro brasileiro no card, Guilherme ‘Bomba’ finalizou Ivan Castillo com um katagatame ainda no primeiro assalto do embate.

Card Principal:

  • Chael Sonnen derrotou Quinton Rampage Jackson por decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28) – Avançou para as semifinais do GP dos pesos pesados;
  • Rory MacDonald derrotou Douglas Lima por decisão unânime dos juízes (48-47, 49-45, 49-46) – Conquistou o cinturão dos meio-médios;
  • Michael Chandler derrotou Goiti Yamauchi por decisão unânime dos juízes (30-26, 30-26, 30-25);
  • Aaron Pico derrotou Shane Kruchten por nocaute (soco no corpo) aos 0m:37s do primeiro round;
  • Henry Corrales derrotou Georgi Karakhanyan por decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28).

Card Preliminar:

  • Guilherme Bomba derrotou Ivan Castillo por finalização com um katagatame aos 4m:05s do primeiro round;
  • Devon Brock derrotou Khonry Gracie por decisão unânime dos juízes;
  • Jose Campos derrotou Haim Gozali por decisão unânime dos juízes;
  • Joey Davis derrotou Ian Butler por nocaute (chute rodado no corpo) aos 0m:40s do primeiro round;
  • Jean-Paul Le-Bosnoyani derrotou Isaiah Culpepper por finalização com um armlock aos 2m:11s do terceiro round;
  • Johnny Cisneros derrotou Marlen Magee por finalização com um mata-leão aos 2m:28s do terceiro round;

[VÍDEO] Rampage e Sonnen, Douglas Lima e MacDonald batem peso e confirmam embates principais

Na tarde desta sexta-feira, foi realizada a pesagem oficial do Bellator 192, que acontecerá neste sábado, no The Forum, em Inglewood, Califórnia, nos Estados Unidos.

O ex-campeão peso meio-pesado do UFC Quinton ‘Rampage’ Jackson e seu adversário Chael Sonnen, bateram o peso e a quarta de final do Grand Prix dos pesos pesados foi confirmada. De acordo com o resultado da pesagem, Rampage ficou cerca de 13 kg mais pesado que Sonnen.

O co-main event também foi confirmado. o brasileiro campeão peso meio-médio Douglas Lima e Rory MacDonald bateram o peso e firmaram o duelo válido pelo título da divisão até 77 kg.

Em duelo já confirmado como title eliminator na categoria dos leves, Goiti Yamauchi e Michael Chandler também passaram pela balança.

Assista a pesagem oficial do Bellator 192:

Confira abaixo o card (sujeito a alterações) do Bellator 192: Rampage vs. Sonnen

Card Principal:

  • Quinton Jackson (253) vs. Chael Sonnen (222) – Quartas de final do GP dos pesos pesados;
  • Douglas Lima (169) vs. Rory MacDonald (169.3) – Pelo cinturão dos meio-médios;
  • Michael Chandler (156) vs. Goiti Yamauchi (155.9);
  • Shane Kruchten (146) vs. Aaron Pico (145.2);
  • Henry Corrales (145.8) vs. Georgi Karakhanyan (145).

Card Preliminar:

  • Khonry Gracie (169) vs. Devon Brock (166);
  • Ian Butler (168.4) vs. Joey Davis (170.5);
  • Bomba Vasconcelos (168.5) vs. Ivan Castillo (169.8);
  • Jose Campos (168.8) vs. Haim Gozali (168.5);
  • Tommy Aaron (153.1) vs. Roosevelt Roberts (155.8);
  • David Duran (127.7) vs. Kyle Estrada (127.6);
  • Johnny Cisneros (170.4) vs. Marlen Magee (167.9);
  • Arthur Estrazulas (156) vs. Mike Segura (155.6);
  • Noah Tillis (155.3) vs. Jalin Turner (155.1);
  • Gabriel Green (155.3) vs. Chris Padilla (156);
  • James Barnes (135.2) vs. Chad George (135.6);
  • Cooper Gibson (145.5) vs. Andrew Lazo (146).
Khonry Gracie

Khonry Gracie é contratado pelo Bellator

Segundo notícia do Combate.com, o filho da lenda do UFC Royce Gracie, Khonry Gracie, que tem apenas uma luta amadora em seu cartel como lutador de MMA, quando venceu Ben Clark por decisão unânime, assinou com o Bellator e estreará em janeiro de 2018.

Khonry comemorou a contratação e fez a divulgação com exclusividade ao Canal Combate através de um comunicado oficial.

“Quando o meu pai me disse: “Filho, é a sua vez”, eu não fiz nenhuma pergunta. Eu entrei lá e dei o meu melhor. Agora é a vez do meu filho brilhar, no Bellator 192, dia 20 de janeiro, em Los Angeles”, dizia o comunicado.

O adversário de Khonry Gracie ainda não foi divulgado pela franquia presidida por Scott Coker e a luta do atleta já foi veiculada por diversos websites ao redor do planeta.

Veja também:

No mesmo card, o goiano Douglas Lima terá o maior desafio de sua vida pela frente. Campeão dos meio-médios, o brasileiro irá encarar o duríssimo canadense Rory MacDonald para defender o cinturão.

No mesmo evento, como já divulgado pela organização, o norte americano falastrão conhecido da torcida brasileira Chael Sonnen, irá encarar o ex-campeão dos pesos meio-pesados do UFC Quinton ‘Rampage’ Jackson, na luta que dará o ‘pontapé inicial’ nos trabalhos do esperado Grand Prix dos pesos pesados, que terá a grande final no mês de abril do mesmo ano.

O Bellator 192 será realizado no dia 20 de janeiro, no The Forum, em Iglewood, Estado da Califórnia, nos Estados Unidos.

Confira abaixo como está o card (sujeito a alterações) do Bellator 192: Lima vs. MacDonald:

  • Douglas Lima vs. Rory MacDonald – Pelo cinturão da categoria dos pesos meio-médios do Bellator;
  • Chael Sonnen vs. Quinton ‘Rampage’ Jackson – Quarta de final do GP dos pesos pesados do Bellator;
  • Khonry Gracie vs. Adversário a ser anunciado.

Bellator 179: Rory MacDonald estreia com vitória sobre Paul Daley por finalização

Bellator 179: Rory MacDonald estreia com vitória sobre Paul Daley por finalização 1
Rory MacDonald encaixa mata-leão em Paul Daley (Foto: Reprodução)

Nesta sexta-feira (19) foi realizado o Bellator 179, o evento ocorreu na Wembley Arena, em Londres, Inglaterra.

A organização promoveu na luta principal um duelo entre Rory MacDonald e Paul Daley válido pela divisão dos meio-médios. O canadense MacDonald, ex-lutador do UFC, não teve muito trabalho para dominar o round inicial e vencer o britânico Daley por finalização no segundo round.

Aos 27 anos de idade, Rory “The Red King” MacDonald (19-4) soma sua sétima vitória por finalização na carreira, se recupera dos dois reveses sofridos no Ultimate e estreia com ótima performance na nova casa. Com o triunfo, MacDonald fica na posição de próximo desafiante ao cinturão dos meio-médios do Bellator e agora deve apenas aguardar o vencedor do combate entre o campeão Douglas Lima e o desafiante, também ex-UFC, Lorenz Larkin, que ocorrerá no dia 24 de Junho, no Madison Square Garden, em Nova York.

Na penúltima luta do card tivemos um embate pelos meio-pesados. O inglês Linton Vassell (18-5) venceu o ex-campeão da categoria Liam McGeary por finalização no terceiro round com um katagatame. Embora tenha tido dificuldades na luta em pé, Vassell pôde se sobressair no chão, demonstrando seu ótimo wrestling e eficiente Jiu-Jitsu para triunfar no combate. Linton “The Swarm” Vassell emplacou sua terceira vitória seguida derrotando Emanuel Newton, Francis Carmont e agora Liam McGeary, o ótimo retrospecto deve lhe render agora uma oportunidade pelo cinturão que será disputado entre Phil Davis e Ryan Bader no Bellator 180.

Outro combate importante do evento foi um embate nos pesos pesados entre Cheick Kongo e Augusto Sakai. O francês de 42 anos saiu vitorioso por decisão dividida e somou seu quinto triunfo consecutivo (Alexander Volkov, Vinicius Queiroz, Tony Johnson, Oli Thompson e Augusto Sakai), por outro lado ele impôs a primeira derrota ao brasileiro Sakai na carreira. A sequencia de vitórias coloca Cheick Kongo (27-10) em situação favorável para pleitear o título da divisão, que atualmente encontra-se vago.

Confira os resultados completos do Bellator 179: MacDonald vs. Daley:

Card Principal:

Rory MacDonald derrotou Paul Daley por finalização com um mata-leão a 1m:45s do segundo round;

Linton Vassell derrotou Liam McGeary por finalização com um katagatame aos 2m:28s do terceiro round;

Cheick Kongo derrotou Augusto Sakai por decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28);

Baby Slice derrotou DJ Griffin por nocaute técnico (socos) aos 3m:37s do primeiro round;

Alex Lohore derrotou Dan Edwards por nocaute técnico (socos) aos 0m:56s do segundo round;

Card Preliminar:

Stav Economou derrotou Dan Konecke por finalização com uma guilhotina a 1m:05s do primeiro round,

Amir Albzazi derrotou Jamie Powell por decisão unânime dos juízes  (30-25, 30-26, 30-26);

Nathan Jones derrotou Umer Kayani por finalização com um mata-leão aos 4m:35s do primeiro round;

Fabian Edwards derrotou Rafael Cejrowski por nocaute (joelhada voadora) aos 3m:44s do primeiro round;

Jeremy Petley derrotou Chase Morton por decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-26);

Mike Shipman derrotou Marcin Protsko por nocaute técnico (joelhadas) no primeiro round;

Swalih Kulucan derrotou Diego Barbosa por finalização com um leglock) aos 2m:18s do primeiro round.

Rory MacDonald enfrenta Paul Daley em estreia no Bellator

Rory MacDonald enfrenta Paul Daley em estreia no Bellator 2
Imagem: Getty Images

Finalmente, o ex-UFC, Rory MacDonald está com estreia marcada no Bellator. Será diante o americano Paulo Daley no Bellator 179.

Depois de três triunfos consecutivos, Rory enfrentou o americano Robbie Lawler pelo cinturão meio médio em julho de 2015 no UFC 189. Considerada uma das melhores lutas dos últimos tempos, Lawler levou a melhor e venceu o canadense por nocaute técnico. Em sua última luta do contrato com o UFC, McDonald foi derrotado por Stephen Thompson na decisão unânime em junho de 2016 no UFC Fight Night 89

Antes do revés para Douglas lima, Paul Daley estava com uma sequencia de cinco vitórias consecutivas. Em seu combate mais recente, venceu Brennan Ward com um nocaute avassalador no Bellator 170.

O Bellator 170 será realizado em Londres no dia 19 de maio.

Confira os salários do UFC FN 89, Cerrone se sentiu desvalorizado.

O lutador mais bem pago da noite, reclamou do pagamento.


Confira os salários do UFC FN 89, Cerrone se sentiu desvalorizado. 3
Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC
O ultimo evento realizado pelo Ultima, foi o UFC Fight Night 89, com contou com a luta principal entre Rory MacDonald x Stephen Thompson, e no co-evento, Donald Cerrone x Patrick Cote.
E justamente o lutador mais bem pago desse evento, Donald Cerrone, reclamou do pagamento e disparou contra a organização.
– De acordo com meu pagamento, não significo merda nenhuma para o UFC, mas vou falar com o Dana depois disso aqui e vamos ver o que conseguimos.
Veja a lista completa:

Rory MacDonald: $69,000 ($59,000 do evento, $10,000 da Reebok);
Stephen Thompson: $59,000 ($27,000 do evento, $27,000 de bônus pela vitória, $5,000 da Reebok); Donald Cerrone: $234,000 ($82,000 do evento, $82,000 de bônus pela vitória, $50,000 Performance da noite, $20,000 da Reebok);
Patrick Cote: $63,000 ($48,000 do evento, $15,000 da Reebok);
Steve Bosse: $76,500 ($12,000 do evento, $12,000 bônus pela vitória, $50,000 pela luta da noite, $2,500 da Reebok);
Sean O’Connell: $73,000 ($18,000 do evento, $50,000 bônus de luta da noite, $5,000 da Reebok); Olivier Aubin-Mercier: $33,000 ($14,000 do evento, $14,000 de bônus pela vitória, $5,000 Reebok); 
Thibault Goti: $12,500 ($10,000 do evento, $2,500 da Reebok);
Valerie Letourneau: $16,500 ($14,000 do evento, $2,500 da Reebok);
Joanne Calderwood: $30,500 ($14,000 to show, $14,000 win bonus, $2,500 Reebok sponsorship); Jason Saggo: $24,000 ($12,000 do evento, $12,000 de bônus pela vitória);
Leandro Silva: $22,000 ($17,000 do evento, $5,000 da Reebok);
Misha Cirkunov: $30,500 ($14,000 do evento, $14,000 de bônus pela vitória, $2,500 da Reebok);
Ion Cutelaba: $12,500 ($10,000 do evento, $2,500 da Reebok);
Krzysztof Jotko: $87,000 ($16,000 do evento, $16,000 de bônus pela vitória, $50,000 Performance da noite, $5,000 da Reebok);
Tamdan McCrory: $19,000 ($14,000 do evento, $5,000 da Reebok);
Joe Soto: $42,500 ($20,000 do evento, $20,000 de bônus pela vitória, $2,500 da Reebok);
Chris Beal: $14,500 ($12,000 do evento, $2,500 da Reebok);
Elias Theodorou: $42,500 ($20,000 do evento, $20,000 de bônus pela vitória, $2,500 da Reebok); Sam Alvey: $19,000 ($14,000 do evento, $5,000 da Reebok);
Randa Markos: $24,100 ($12,000 doe evento, $12,000 de bônus pela vitória, multada em $2,400 por não bater o peso, $2,500 da Reebok);
Jocelyn Jones-Lybarger: $14,900 ($10,000 do evento, $2,400 da bolsa da Randa Markos que não bateu o peso, $2,500 da Reebok);
Colby Covington: $38,500 ($18,000 do evento, $18,000 de bônus pela vitória, $2,500 da Reebok); Jonathan Meunier: $12,500 ($10,000 do evento, $2,500 da Reebok);
Ali Bagautinov: $33,000 ($14,000 do evento, $14,000 de bônus pela vitória, $5,000 da Reebok); Geane Herrera: $14,500 ($12,000 do evento, $2,500 da Reebok).