Tag: Mackenzie Dern

UFC Tampa – Resultados: Joanna Jedrzejczyk vs. Michelle Waterson

Aconteceu neste sábado (12) mais uma edição do UFC, dessa vez em Tampa, na Flórida (EUA). O combate principal, que por muito pouco não acabou sendo cancelado, foi entre a polonesa Joanna Jedrzejczyk diante de Michelle Waterson pela categoria peso-palha.

A segunda luta principal da noite, terá brasileiro em ação. O ainda novato nas artes marciais mistas, Kron Gracie, passou por um teste de fogo contra o veterano americano, Cub Swanson, na divisão dos penas.

MAIS BRASILEIROS EM AÇÃO: Abrindo a noite brasileira, no card preliminar, Deiveson Figueiredo bateu de frente contra o ex-desafiante ao cinturão dos moscas Tim Elliot. Já no card principal, um confronto entre brasileiras. Mackenzie Dern voltou ao octógono contra Amanda Ribas na categoria dos palhas.

RESULTADOS EM TEMPO REAL DO UFC TAMPA:

Card principal:
Peso palha: Joanna Jedrzejczyk venceu Michelle Waterson por decisão unânime (50-45, 50-45, 49-46)
Peso pena: Cub Swanson venceu Kron Gracie por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)
Peso meio-médio: Niko Price venceu James Vick por nocaute aos 1m44s do primeiro round
Peso palha: Amanda Ribas venceu Mackenzie Dern por decisão unânime  (30-27, 30-27, 30-27)
Peso leve: Matt Frevola venceu Luis Peña por decisão dividida (29-28, 29-28, 28-29)
Peso médio: Eryk Anders venceu Gerald Meerschaert por decisão dividida (29-28, 29-28, 28-29)

Card preliminar:
Peso meio-pesado: Ryan Spann venceu Devin Clark por finalização aos 2m01s do primeiro round
Peso leve: Mike Davis venceu Thomas Gifford por nocaute aos 4m45s do terceiro round
Peso meio-médio: Alex Morono venceu Max Griffin por decisão unânime (29-28, 29-27, 29-27)
Peso mosca: Deiveson Figueiredo venceu Tim Elliott finalização aos 3m08s do primeiro round
Peso galo: Marlon Vera venceu Andre Ewell por nocaute técnico aos 3m17s do terceiro round
Peso meio-médio: Miguel Baeza venceu Hector Aldana por nocaute técnico aos 2:32 do segundo round
Peso médio: Marvin Vettori venceu Andrew Sanchez por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)
Peso mosca: JJ Aldrich venceu Lauren Mueller  por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28)

Foto: Getty Images
Confira a lista completa das suspensões médicas do UFC 224

Confira a lista das suspensões médicas do UFC 224

A Comissão Atlética Brasileira de MMA (CABMMA) divulgou ainda ontem (14), a lista das suspensões médicas do UFC 224. A edição histórica foi realizada em solo brasileiro, mais precisamente no Rio de Janeiro.

Ao todo, foram vinte e seis lutadores que tomaram suspensões médicas após suas atuações no UFC 224. Dentre estes, quinze ficarão afastados no mínimo de quatorze dias do octógono e no mínimo sete dos treinos.

Dois lutadores receberam as suspensões medicas de trinta dias sem poder lutar e de no mínimo vinte e um dia sem contato físico. Outros dois tomaram suspensão de quarenta e cinto dias, tendo que ficar longe dos treinos por trinta dias.

Leia mais
Confira todos os salários do UFC 224
[Vídeo] Amanda Nunes critica treinador de Pennington que não deixou atleta desistir da luta
UFC 224 – Bônus: Lyoto Machida, Oleynik, Jacaré e Gastelum garantem prêmio de performance

Quatro atletas ficaram com a suspensão de sessenta dias sem poder voltar ao octógono mais famoso do mundo novamente. O periodo sem treinamento para esses, é de quarenta e cinco dias.

Somente dois atletas ficaram com o máximo das suspensões médicas do UFC 224. Foi a campeã do peso galo feminino Amanda Nunes e Ronaldo Jacaré. A ‘Leoa’ venceu e manteve seu cinturão, mas a priori está suspensa por 180 (cento e oitenta) dias, mas esse período pode ser reduzido para trinta dias, a depender do que aponte o Raio-X do pé direito.

Ronaldo Jacaré está numa situação bastante parecida com a da Amanda Nunes. Suspenso inicialmente por 180 (cento e oitenta) dias, o lutador brasileiro precisa de uma avaliação do pé direito, estando tudo dentro dos conformes, esse prazo cai para quarenta e cinco dias.

Confira suspensões médicas do UFC 224 na íntegra:
suspensões médicas do UFC 224 de 14/7

Lyoto Machida: 14 dias sem lutar e 7 dias sem nenhum contato com a academia

John Lineker: 14 dias sem lutar e 7 dias sem nenhum contato com a academia

Mackenzie Dern: 14 dias sem lutar e 7 dias sem nenhum contato com a academia

Warlley Alves: 14 dias sem lutar e 7 dias sem nenhum contato com a academia

Markus Perez: 14 dias sem lutar e 7 dias sem nenhum contato com a academia

Elizeu Zaleski: 14 dias sem lutar e 7 dias sem nenhum contato com a academia

Davi Ramos: 14 dias sem lutar e 7 dias sem nenhum contato com a academia

Cezar Mutante: 14 dias sem lutar e 7 dias sem nenhum contato com a academia

James Bochnovic: 14 dias sem lutar e 7 dias sem nenhum contato com a academia

Ramazan Emeev: 14 dias sem lutar e 7 dias sem nenhum contato com a academia

Jack Hermansson: 14 dias sem lutar e 7 dias sem nenhum contato com a academia

Nick Hein: 14 dias sem lutar e 7 dias sem nenhum contato com a academia

Junior Albini: 14 dias sem lutar e 7 dias sem nenhum contato com a academia

Karl Roberson: 14 dias sem lutar e 7 dias sem nenhum contato com a academia

Amanda Cooper: 14 dias sem lutar e 7 dias sem nenhum contato com a academia

suspensões médicas do UFC 224 de 30/21

Kelvin Gastelum: 30 dias sem lutar e 21 dias sem nenhum contato com a academia

Aleksey Oleynik: 30 dias sem lutar e 21 dias sem nenhum contato com a academia

suspensões médicas do UFC 224 de 45/30

Alberto Miná: 45 dias sem lutar e 30 dias sem nenhum contato com a academia

Thales Leites: 45 dias sem lutar e 30 dias nenhum contato com a academia

suspensões médicas do UFC 224 de 60/45

Vitor Belfort: 60 dias sem lutar e 45 dias sem contato com a academia

Sultan Aliev: 60 dias sem lutar e 45 dias sem contato com a academia, e ainda precisa de liberação de cirurgião após avaliação de crânio maxilo facial

Sean Strickland: 60 dias sem lutar e 45 dias sem contato com a academia

Brian Kelleher: 60 dias sem lutar e 45 dias sem contato com a academia

Raquel Pennington: 60 dias sem lutar /45 dias sem contato com a academia,  e ainda precisa de liberação de cirurgião após avaliação de crânio maxilo facial

suspensões médicas do UFC 224 de 180/180

Amanda Nunes: 180 dias sem lutar / 180 dias sem contato físico. Pendente Raio-X do pé direito, e se normal 30 dias sem lutar / 21 dias sem contato físico.

Ronaldo Jacaré: 180 dias sem lutar / 180 dias sem contato físico. Pendente Raio-X do pé direito, e se normal 45 dias sem lutar / 30 dias sem contato físico

Confira os salários do UFC 224

Confira todos os salários do UFC 224

No dia 12 de maio, o Ultimate realizou mais uma edição histórica em solo brasileiro. O UFC 224 foi realizado no Rio de Janeiro com o card recheado de brasileiro e, com a defesa de cinturão de Amanda Nunes como luta principal.

Como de costume, publica-se os salários dos atletas por suas atuações dias após o evento. Com o UFC 224 não foi diferente e, listamos as vinte e seis remunerações dos atletas que lutaram no evento. O ‘Canal Nocaute‘ detalhou em vídeo, todos os valores.

Leia mais:
Confira os salários do UFC on FOX 29
Confira todos os salários do UFC 223
Confira todos os salários do UFC 222

Mesmo sendo a campeã e fazendo a luta principal, Amanda Nunes não foi a detentora do maior salário do UFC 224. A campeã dos galos, faturou US$ 260.000 (duzentos e sessenta mil dólares. Convertidos em Real na cotação atual, a quantia é pouco mais de R$ 941.000 (novecentos e quarenta e um mil reais). Já a desafiante Raquel Pennington, ganhou exatamente a metade, US$ 130.000 (cento e trinta mil dólares), que na nossa moeda, seria R$ 416.000 (quatrocentos e dezesseis mil reais).

Enquanto isso, o vencedor ganhou menos que o derrotado na luta co-principal. Ronaldo Jacaré foi derrotado por decisão dividida, mas mesmo assim, faturou US$ 225.000 (duzentos e vinte e cinco mil dólares). Se convertido em reais, gira em torno de R$ 814.500 (oitocentos e quatorze mil e quinhentos reais). Já o vencedor Kelvin Gastelum, levou para casa US$ 150.000 (cento e cinquenta mil dólares).

Mackenzie Dern venceu a luta por finalização, teve 30% da sua bolsa convertida para sua adversária por não bater o peso e faturou US$ 49.400 (quarenta e nove mil e quatrocentos dólares), algo em torno de R$ 179.000 (cento e setenta e nove mil). Já John Lineker, teve uma ótima bolsa, e levou US$ 102.000 (cento e dois mil dólares) ou pouco mais de R$ 369.000 (trezentos e sessenta e nove mil reais).

O primeiro e segundo maior salário do UFC 224 ficou para o duelo entre lendas. Vitor Belfort, mesmo derrotado por nocaute, fico com a maior bolsa da noite, faturando US$ 315.000 (trezentos e quinze mil dólares). Se convertido em Real, a quantia embolsada pelo ‘The Phenom’ é cerca de R$ 1.140.300 (um milhão, cento e quarenta mil e trezentos reais). Já o vencedor Lyoto Machida ficou com US$ 270.000 (duzentos e setenta mil dólares) ou R$ 977.500 (novecentos e setenta e sete mil e quinhentos reais).

Os salários expostos abaixo já é a somatória da bolsa para lutar, eventuais bônus para os vencedores, eventuais bônus de performances, luta da noite e patrocinadora. Está incluso também a retirada dos 30% perdidos por quem não bateu o peso, tendo sido acrescentados no respetivo adversário.

LISTA DE TODOS OS SALÁRIOS DO UFC 224

CARD PRINCIPAL

Amanda Nunes: US$ 260.000
Raquel Pennington: US$ 130.000

Ronaldo Jacaré: US$ 225.000
Kelvin Gastelum: US$ 150.000

Mackenzie Dern: US$ 49.400
Amanda Cooper: US$ 31.100

John Lineker: US$ 102.000
Brian Kelleher: US$ 26.000

Vitor Belfort: US$ 315.000
Lyoto Machida: US$ 270.000

CARD PRELIMINAR

Cézar Mutante: US$ 100.000
Karl Roberson: US$ 15.500

Alexey Oleynik: US$ 115.000
Júnior Albini: US$ 15.500

Davi Ramos: US$ 27.500
Nick Hein: US$ 23.000

Elizeu Capoeira: US$ 41.000
Sean Strickland: US$ 39.000

Warlley Alves: US$ 27.500
Sultan Aliev: US$ 15.500

Thales Leites: US$ 72.000
Jack Hermansson: US$ 37.000

Alberto Miná: US$ 18.000
Ramazan Emeev: US$ 27.500

Markus Maluko: US$ 27.500
James Bochnovic: US$ 15.500

Mackenzie Dern finalizou Amanda Cooper no primeiro round no UFC 224

[GIF] Mackenzie Dern finaliza Amanda Cooper no UFC 224

A terceira luta mais importante, de acordo com a colocação do card do UFC 224, foi o duelo entre Mackenzie Dern x Amanda Cooper. A brasileira/americana fez a sua segunda luta dentro da maior organização de MMA do mundo.

A luta das palhas começou morna, com as atletas se estudando, sem nenhuma atacar de forma efetiva. A trocação foi dando as caras após o primeiro minuto de luta, com ambas se tocando, mas com a Amanda Cooper conectando os melhores socos até então.

Leia também: Todos os resultados do UFC 224

A Mackenzie Dern surpreendeu com um duro soco de direita que levou sua adversária ao solo, desnorteada. vendo a oportunidade, a brasileira/americana foi pro tudo ou nada, conseguiu a montada, trabalhou bons socos por cima e ganhou as costas.

Já com as costas de Amanda Cooper dominada, Mackenzie Dern encaixou o estrangulamento e só restou a sua adversária bater em sinal de desistência.

Nocaute de Mackenzie Dern sobre Amanda Cooper

Carreira de Mackenzie Dern e Amanda Cooper

Com apenas 25 anos de idade, Mackenzie Dern possui dupla nacionalidade (americana/brasileira) e já é um dos principais nomes do MMA atual. No UFC 222 fez a sua estreia no UFC e venceu por decisão. No UFC 224, subiu no octógono do Rio de Janeiro e venceu/perdeu. Seu recorde profissional é de 7 lutas e 7 vitórias.

Já a Amanda Cooper, americana com 26 anos de idade, apresenta um cartel mais inconstante. Essa também foi sua sétima luta na carreira como lutadora profissional de MMA, tendo vencido 3 e perdido outras 4.

UFC 224 – Resultados: Amanda Nunes x Raquel Pennington

Será realizado hoje (12) na Jeunesse Arena no Rio de Janeiro o UFC 224. Na luta principal, a brasileira Amanda Nunes defende o cinturão dos galos feminino contra a americana Raquel Pennington.

Na luta co-principal, o brasileiro Ronaldo Jacaré Souza enfrenta o americano Kelvin Gastelum pela divisão dos médios. Outro aguardado combate, foi entre as lendas Vitor Belfort e Lyoto Machida na primeira luta do card principal.

RESULTADOS EM TEMPO REAL:

CARD PRINCIPAL:
Peso-galo: Amanda Nunes venceu Raquel Pennington por nocaute técnico aos 2m36s do quinto round
Peso-médio: Kelvin Gastelum venceu Ronaldo Jacaré por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
Peso-palha: Mackenzie Dern venceu Amanda Cooper por finalização (mata-leão) no primeiro round
Peso-galo: John Lineker venceu Brian Kelleher por nocaute (soco) aos 3m42s do terceiro round
Peso-médio: Lyoto Machida vence Vitor Belfort por nocaute (chute) aos 1 minuto do primeiro round
CARD PRELIMINAR: 
Peso-médio: Cézar Mutante venceu Karl Roberson por finalização (katagatame) aos 4m45 do primeiro round
Peso-pesado: Alexey Oleynik venceu Júnior Albini por finalização (Ezekiel-Choke) aos 1m45s do primeiro round
Peso-leve: Davi Ramos venceu Nick Hein por finalização (mata-leão) aos 4m15s do primeiro round
Peso-meio-médio: Elizeu Capoeira venceu Sean Strickland por nocaute técnico (chute e socos) aos 3m40s do primeiro round
Peso-meio-médio: Warlley Alves venceu Sultan Aliev por nocaute técnico (interrupção médica)
Peso-médio: Jack Hermansson venceu Thales Leites por nocaute técnico (socos) 2m10s do terceiro round
Peso-meio-médio: Alberto Miná venceu Ramazan Emeev por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)
Peso-médio: Markus Maluko venceu James Bochnovic por finalização 4m28s do primeiro round

Mackenzie Dern enfrenta Amanda Cooper no UFC 224

O UFC 224 segue recebendo novas adições. Nesta quinta-feira (14), conforme anunciou inicialmente o site “MMA Brasil”, a americana Mackenzie Dern irá enfrentar Amanda Cooper, pela divisão dos palhas.

Aos 24 anos, multi-campeã no jiu-jitsu, Mackenzie Dern vai em busca de manter sua invencibilidade no MMA. A americana detém na carreira seis vitórias, sendo três por decisão e três por finalização. No Ultimate, a peso-palha estreou recentemente contra Ashley Yoder no UFC 222. Na ocasião, Dern venceu por decisão dividida dos juízes laterais.

Leia também: Ronda Rousey esfria possibilidade de voltar ao UFC

Irregular no MMA, Amanda Cooper vai em busca da segunda vitória seguida. A americana vem de vitória sobre Angela Maganã por nocaute técnico no UFC 218.

O UFC 224 será realizado no Rio de Janeiro, no dia 12 de maio na Jeunesse Arena.

CARD DO EVENTO ATÉ O MOMENTO: 

Peso-galo: Amanda Nunes x Raquel Pennington
Peso-médio: Vitor Belfort x Lyoto Machida
Peso-médio: Ronaldo Jacaré x Kelvin Gastelum
Peso-galo: John Lineker x Brian Kelleher
Peso-médio: Thales Leites x Jack Hermansson
Peso-leve: Davi Ramos x Nick Hein
Peso-meio-médio: Alberto Miná x Ramazan Emeev
Peso-pesado: Júnior Albini x Alexey Oleynik
Peso-médio: Cézar Mutante x Karl Roberson
Peso-palha: Mackenzie Dern x Amanda Cooper

Mackenzie Dern venceu em sua estreia no UFC 222

Mackenzie Dern vence Ashley Yoder em sua estreia no UFC 222

A última luta do card preliminar do UFC 222, chamou atenção de boa parte dos brasileiros que acompanham a organização. Isso pelo fato de ser a estreia de Mackenzie Dern no Ultimate, contra Ashley Yoder. Mesmo Mackenzie que mesmo nascida nos Estados Unidos é filha de brasileiros e naturalizada.

Leia mais: Todos os resultados do UFC 222

A americana naturalizada brasileira começou longo impondo o seu jogo e tratou de surpreender sua adversária. Mackenzie Dern desferiu um bom chute baixo e uma sequencia de socos no frontal de sua adversária. Após isso a luta se encaminhou para a grade, sempre com a brasileira se impondo. A Ashley Yoder também esboçou reação aplicando alguns chutes e socos na Matosckenzie. A trocação foi franca em alguns momentos do combate com ambas se tocando. A luta seguiu até o final do round com a movimentação em bom ritmo e permanecendo a vantagem da naturalizada.

A luta voltou para o segundo round mais estudado, mas Mackenzie Dern também começou a atacar primeiro. No decorrer do assalto, a lutadora brasileira continuou a surpreender  e foi melhor na trocação. Ashley Yoder amarrou Mackenzie Dern de costas na grade e a luta foi reconduzida ao centro do octógono. A Yoder também surpreendeu com um soco que tirou o equilíbrio da Mackenzie, que conseguiu absolver. Sentindo o golpe, a brasileira tirou o pé do acelerador  e a Yoder começou a conectar bons golpes de esquerda  e capitalizou pontos importantíssimos. Mackenzie esboçou reação ao aplicar uma queda, foi frustrada e logo após o round foi interrompido. Pelo crescimento na segunda metade do round, a  Ashley Yoder empatou a luta.

Como nada definido para o terceiro e último round, a cautela ditou o ritmo nesse assalto. A Mackenzie Dern tentava a qualquer custo levar a luta para o solo, mas a Ashley Yoder continuou frustar o jogo de queda. A lota voltou ao centro do tablado e a brasileira finalmente conseguiu a sua queda. A transição para as costas veio logo em seguida. Mackenzie Dern passou os dois ganchos aplicou o mata leão, mas a cana do braço não passou, a Ashley Yoder  resistiu os últimos segundos e a luta foi para a decisão.

Na soma das papeletas dos árbitros laterais, foi decretada a por decisão dividida de Mackenzie Dern.

Carreira de Mackenzie Dern

Mackenzie tem apenas 24 anos e é mais uma promessa para o futuro do MMA. Ela ainda não sabe o que é perder em sua carreira como lutadora profissional de MMA. Das suas seis lutas, venceu todas.

UFC 222 – Resultados: Cris Cyborg x Yana Kunitskaya

O Ultimate retornou a Las Vegas no Estados Unidos neste sábado (03) para o UFC 222. A brasileira Cris Cyborg defendeu o cinturão dos penas feminino diante da russa Yana Kunitskaya na luta principal.

Na luta co-principal, o americano Frankie Edgar duelou contra Brian Ortega de olho em uma nova disputa pelo cinturão dos penas. O evento que foi realizado na T-Mobile Arena, também contou com a participação de mais dois brasileiros. Pedro Munhoz enfrentou o americano John Dodson na quinta luta do card preliminar, enquanto Ketlen Vieira encarou Cat Zingano.

RESULTADOS ATÉ O MOMENTO:

CARD PRINCIPAL 
Peso-pena: Cris Cyborg venceu Yana Kunitskaya por nocaute técnico aos 3m25s do primeiro round
Peso-pena: Brian Ortega venceu Frankie Edgar por nocaute aos 4m44s do primeiro round
Peso-galo: Sean O’Malley venceu Andre Soukhamthath por decisão unânime (29-27, 29-27, 29-28)
Peso-pesado: Andrei Arlovski venceu Stefan Struve por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27)
Peso-galo: Ketlen Vieira venceu Cat Zingano por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
CARD PRELIMINAR
Peso-palha: Mackenzie Dern venceu Ashley Yoder por decisão dividida (29-28, 29-28, 28-29)
Peso-leve: Beneil Dariush x Alexander Hernandez venceu Beneil Dariush por nocaute aos 42 segundos do primeiro round
Peso-galo: John Dodson venceu Pedro Munhoz por decisão dividida (28-29, 30-27, 29-28)
Peso-médio: CB Dollaway venceu Hector Lombard por desqualificação (golpe ilegal) ao final do primeiro round
Peso-meio-médio: Zak Ottow venceu Mike Pyle por nocaute técnico aos 2m34s do primeiro round
Peso-galo: Cody Stamann venceu Bryan Caraway por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
Peso-meio-pesado: Jordan Johnson venceu Adam Milstead por decisão dividida (29-28, 27-30, 29-28)

Mackenzie Dern deve estrear no ultimate contra Ashley Yoder no UFC 222

Segundo informações do jornalista Ariel Helwani, a americana-brasileira Mackenzie Dern já tem data e adversária para estrear no ultimate, ela deve enfrentar a americana Ashley Yoder no UFC 222, em março.

Mackenzie Dern tem apenas 24 anos e vários títulos no jiu-jitsu. No MMA ela estreou em 2016 e está invicta em cinco lutas feitas no Legacy FC, LFA e Invicta FC. Em seu último combate ela finalizou Kaline Medeiros no Invicta FC 26.

Aos 30 anos, Ashley Yoder tem 5 vitórias e 3 derrotas na carreira. No UFC ele perdeu as duas lutas que fez para Justine Kish e Angela Hill.

O UFC 222 acontece no dia 3 de março, na T-Mobile Arena, em Las Vegas

Mackenzie Dern estreia no Invicta FC diante Kaline Medeiros

Mackenzie Dern estreia no Invicta FC diante Kaline Medeiros

Promessa do MMA feminino, Mackenzie Dern já tem o próximo confronto marcado. Será diante a brasileira Kaline Medeiros, no Invicta FC 26. O duelo será pela divisão dos palhas.

Multi-campeã no jiu-jitsu, Mackenzie Dern está invicta no MMA. A americana com nacionalidade brasileira possui quatro vitórias, sendo duas por decisão e duas por finalização. Em seu combate mais recente, venceu Mandy Polk por finalização no primeiro round, no LFA 24.

Leia também: Rony Jason já possui acordo verbal para lutar no Primeiro Round Combat
Após notificação da USADA, Anderson Silva fala pela primeira vez

Aos 38 anos de idade, Kaline Medeiros possui um cartel com oito vitórias e cinco derrotas. Natural de João Pessoa na Paraíba, a peso-palha vêm de derrota para a americana Angela Hill por decisão unânime no Invicta FC 19.

O Invicta FC será realizado no Park Theater, em Las Vegas, Nevada, nos Estados Unidos no dia 8 de dezembro.

Card do evento até o momento:

Jennifer Maia x Agnieszka Niedzwiedz
Mizuki Inoue x Janaisa Morandin
Vanessa Porto x Milana Dudieva
Amy Montenegro x Virna Jandiroba
Amber Brown x Tessa Simpson
Christine Ferea x Karina Rodriguez
Mackenzie Dern x Kaline Medeiros

LFA 24: Mackenzie Dern finaliza Mandy Polk, e mantêm invencibilidade

LFA 24: Mackenzie Dern finaliza Mandy Polk, e mantêm invencibilidade 1
Imagem: Facebook-LFA

Na última sexta-feira (13), o Comerica Theatre foi o palco do LFA 24 (Legacy Fighting Alliance). O evento foi realizado em Phoenix, Arizona, nos Estados Unidos.

Na luta principal, um duelo entre o australiano Matthew Frincu diante o americano Curtis Millender. Apesar de ser considerado o azarão, Curtis não tomou conhecimento do prospecto australiano, e o nocauteou com apenas 38 segundos de luta. Essa foi a quinta vitória consecutiva de Millender.

Ainda que não foi à luta principal da noite, um combate que sem dúvidas era um dos mais esperados, era entre a brasileira Mackenzie Dern e americana Mandy Polk. Multi-campeão no Jiu-Jitsu, Dern não teve dificuldades, e ainda no primeiro round finalizou Polk com uma mata-leão em sua estreia na categoria dos moscas. Aos 24 anos, Mackenzie segue com o cartel no MMA invicto, com quatro vitórias.

RESULTADOS LFA 24:

Curtis Millender venceu Matthew Frincu por nocaute aos 38s do primeiro round
Vinicius Zani venceu Joey Miolla por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27)
Mackenzie Dern venceu Mandy Polk por finalização aos 2:55 do primeiro round
LaRue Burley venceu Maycon Mendonca por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)
Cory Sandhagen venceu Luis Antonio Galvinho por nocaute téncico aos 3:00 do primeiro round
Glen Baker venceu Kevin Natividad por nocaute aos 9s do primeiro round
Keoni Diggs venceu Nick Chasteen por finalização aos 1:53 do terceiro round

Mackenzie Dern projeta ida ao UFC: “Esse ano vou entrar”

Mackenzie Dern projeta ida ao UFC: "Esse ano vou entrar" 2
Imagem: LFA

Ao que tudo indica, a americana com cidadania brasileira Mackenzie Dern está próxima de um acerto com o UFC. Em entrevista para o site “Combate” Dern falou sobre os recentes elogios de Dana White e ainda revelou que já teve conversas com o Ultimate.

“Já sabia que o UFC estava de olho, tivemos conversas com meu empresário, o UFC e minha equipe. Por isso tenho quase certeza que vai acontecer esse ano. Eles têm mostrado interesse, nós também, mas não queremos entrar para ser mais uma. Não quero entrar para fazer uma carreira boa, ganhar três, perder uma… Quero entrar, ganhar e pegar o cinturão. Ter uma ótima carreira. Treinamos muito para ser algo diferente. Talvez não seja igual a Ronda, que finalizava em 15s, mas desde a minha primeira luta já tive mais atenção do que a Ronda teve nas primeiras que fez. Ela ficou mais conhecida no Strikeforce, mas é isso que vai me fazer uma atleta mais especial e chegar mais longe. Saber que o Dana falou isso é bom. É diferente alguém do UFC ou o Dana falar isso. Fico feliz que ele está de olho, que pode me levar longe, mas, como ele falou, você não sabe o quanto uma pessoa é boa até ela enfrentar as melhores. Sei que não estou enfrentando as melhores do mundo ainda, mas estou me preparando para isso um dia.”

Invicta no MMA com trés vitórias, Mackenzie afirmou que pretende entrar no UFC ainda em 2017, Porém, a multi-campeã no jiu jitsu ainda pretende enfrentar Andrea Lee no Legacy Fighting Alliance.

“Ainda estou achando que esse ano vou entrar (no UFC), mas não sei se será depois da próxima luta. Quero lutar no 25 de julho no LFA de novo. Tem uma menina, Andrea Lee, do peso de cima, que me chamou pra enfrentar ela. Acabou de ganhar o cinturão. Não sei se vão querer optar por ela. Não quero muito lutar nesse peso porque no UFC seria peso-palha, preciso treinar meu corpo a bater esse peso, é uma dificuldade para mim. Não quero me relaxar e acostumar em outro peso quando estou tentando tanto bater esse. Quero lutar mais uma vez e, esse ano ainda, entrar no UFC.”

LFA 6: Mackenzie Dern vence Katherine Roy na decisão unânime

LFA 6: Mackenzie Dern vence Katherine Roy na decisão unânime 3
Imagem: Divulgação

Mackenzie Dern entrou em ação nesta sexta feira pela terceira vez no MMA em sua carreira. A brasileira enfrentou a americana Katherine Roy pelo Legacy Fighting Alliance. O combate foi em peso casado (54,4 kg).

A luta começou com Mackenzie acertando um bom direto e fazendo tentativas de chutes alto. Com um minuto de luta, Dern fintou um golpe e quedou a americana. Em seguida, Katherine fez a defesa de finalização e o combate voltou a ficar em pé. Ao longo do round, a brasileiro voltou a levar Katherine de costas para a grade, em busca de derrubar a americana, mas sem sucesso. Faltando poucos segundos para o final, o round se manteve em pé com ambas trocando golpes.

O segundo round iniciou com Mackenzie quedando Katherine e em seguida conseguindo a montada. O round foi praticamente inteiro com a brasileira no ground and pound desferindo fortes golpes. Faltando um minuto para o fim do combate, Dern fez uma tentativa de triângulo, mas final de round.

O último round foi todo de trocação. Enquanto Mackenzie tentava encurta a distância para consequentemente quedar a americana, Katherine tentava manter o combate na média para a curta distância. Faltando poucos segundos para o fim, Dern levou a americana ao solo, e mantendo até o final.

Final de luta, Mackenzie Dern foi declarada vencedora na decisão unânime. Agora, a brasileira engata a terceira vitória consecutiva na carreira, sendo uma finalização e duas decisões dos juízes.

Mackenzie Dern enfrenta Katherine Roy no LFA 6

Mackenzie Dern enfrenta Katherine Roy no LFA 6 4

A multi-campeã de jiu jitsu, Mackenzie Dern já tem uma nova adversária. Será a americana Katherine Roy.

Depois de uma jornada vitoriosa no jiu jitsu, Mackenzie Dern fez a migração para o MMA. Sua estreia foi LFC 58 em julho do ano passado. Na ocasião, venceu Kenia Rosas na decisão unânime. Sua segunda luta na carreira, foi contra Montana Stewart, com uma finalização espetacular, engatou sua segunda vitória consecutiva.

Katherine Roy possui apenas um combate profissional em sua carreira. A americana de 31 anos derrotou Maio Ooi em dezembro de 2011 na decisão unânime dos juízes.

O Legacy Fighting  Alliance 6 será realizado no dia 10 de março em San Antonio.