Tag: Conor McGregor

Conor McGregor dá exemplo e doa equipamento médico avaliado em € 1,3 milhão

Acostumado aparecer nas mídias para provocar seus oponentes, o irlandês Conor McGregor vem surpreendendo positivamente em suas redes sociais. O ex-campeão dos leves e dos penas do UFC vem usando as mídias sociais para conscientizar seus seguidores na luta contra o coronavírus.

Na última quinta-feira, Conor entregou equipamentos médicos de proteção no valor de € 1,3 milhão (aproximadamente R$ 7,8 milhões) em um hospital que fica em Dublin, na capital da Irlanda.

A “Proper No Twelve”, que leva o nome de sua marca de whisky, também fez uma boa ação com € 20 mil (cerca de R$ 120 mil) à instituição de caridade do ex-jogador irlandês de futebol Robbie Keane e de sua esposa, Claudine, a “Mater Foundation”, segundo noticiou o site Combate.

Leia também: Cain Velásquez é demitido do WWE

Ouça nosso podcast: Spotify | Deezer | Itunes

Incidente de Conor McGregor faz ser excluídas três lutas do UFC 223

Conor McGregor alerta sobre o Coronavírus

O irlandês Conor McGregor usou suas redes sociais para alertar a população irlandesa da importância de manter-se firma na quarentena. Foi hoje (21), que o lutador do UFC usou suas redes sociais para se manifestar sobre a pandemia que amedronta o planeta.

Já são mais de dez mil mortos pelo mundo causado pelo virus COVID-19 e, ter pessoas públicas reforçando as recomendações da Organização Mundial da Saúde é de grande importância.

Ouça nosso podcast: Spotify | Deezer | Itunes

Leia também:

Paulo Borrachinha debocha do Coronavírus

MMA x Coronavírus: últimas atualizações

Mensagem de Conor McGregor

– “Lembrete rápido para permanecer vigilante com nosso esforço da quarentena, equipe da Irlanda!

Vimos uma queda nos últimos 3 dias no número de infectados. De 191 casos na quinta-feira, 19 de março (nosso dia mais pesado até o momento) até uma leve diminuição de 126 no dia seguinte, sexta-feira 20 de março. Até hoje, sábado, 21 de março, um número total de 102 novos casos.
Estas são gotas encorajadoras a cada dia que passamos, ainda estamos acima de 100 por dia.

Como hoje é sábado e o pico de nosso fim de semana, mais o fato de termos recebido números mais baixos a cada dia, todos nos sentiremos tentados a sair e voltar a viver nossas vidas novamente. Mas agora é a hora de permanecermos mais vigilantes! Permaneça mais vigilante e coloque-se totalmente na cama. Caso contrário, corremos o risco de girar em círculos com esses números até atingirem um pico que não podemos conter.

Fique firme na Irlanda! Nós vamos fazer isso! Juntos em unidade!
Deus acelere a todos ao redor do mundo lutando contra esse vírus. Lutamos lado a lado!  O trabalho em equipe faz o sonho funcionar, Deus abençoe!” – Escreveu o lutador Conor McGregor em suas redes sociais.

Conor não tem nenhuma luta marcada até o presente momento. Sua última luta foi em Janeiro, no evento de número 246, onde venceu por nocaute Donald Cerrone.

Conor McGregor

UFC 246: Conor McGregor despacha Cerrone em 40 segundos

Na luta mais aguardada do UFC 246 nesta madrugada de sábado para domingo em Las Vegas, o irlandês Conor McGregor não precisou de muito tempo para nocautear o americano Donald Cerrone. Pela divisão dos meio-médios, McGregor saiu vitorioso por nocaute técnico ainda no primeiro round.

Logo nos primeiros segundos Conor conectou uma forte joelhada, Cowboy sentiu e Conor deu início a uma sequência brutal terminando a luta por nocaute técnico aos 40 segundos do primeiro round.

Conor McGregor retorna ao caminho das vitórias após uma sequência negativa. O ex-campeão dos penas e leves não vencia desde 2016 quando derrotou Eddie Alvarez. Desde então, acabou derrotado em luta contra Floyd Mayweather no boxe, e Khabib Nurmagomedov em 2018 pelo cinturão peso-leve do UFC.  Já o veterano Donald Cerrone, Acumula o terceiro revés consecutivo.

Veja todos os resultados do UFC 246

UFC 246

UFC 246 – Resultados: Conor McGregor x Donald Cerrone

O UFC abriu o calendário de 2020 neste sábado (18) na T-Mobile Arena em Las Vegas com a edição de número 246. E nada mais justo que um grande confronto na luta principal. Após mais de um ano afastado, Conor McGregor retornou ao octógono na divisão dos meio-médios para enfrentar o americano Donald Cerrone.

Carlos Diego Ferreira foi o único representante verde e amarelo na noite. Abrindo o card principal, o brasileiro teve o seu maior desafio na carreira contra o ex-campeão dos leves Anthony Pettis.

RESULTADOS EM TEMPO REAL:

CARD PRINCIPAL:
Peso-meio-médio: Conor McGregor venceu Donald Cerrone por nocaute aos 40 segundos do primeiro round
Peso-galo: Holly Holm venceu Raquel Pennington por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)
Peso-pesado: Alexey Oleinik venceu Maurice Greene por finalização (chave de braço) aos 4m38s do segundo round
Peso-galo: Brian Kelleher venceu Ode Osbourne por finalização (guilhotina) aos 2m49s do primeiro round
Peso-leve: Carlos Diego Ferreira venceu Anthony Pettis por finalização (mata-leão) aos 1m46s do segundo round

CARD PRELIMINAR
Peso-mosca: Roxanne Modafferi veneceu Maycee Barber por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-26)
Peso-pena: Sodiq Yusuff venceu Andre FIli por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)
Peso-mosca:  Askar Askarov venceu Tim Elliot por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)
Peso-leve: Drew Dober venceu Nasrat Haqparast por nocaute técnico aos 1m10s do primeiro round
Peso-meio-pesado: Aleksa Camur venceu Justin Ledet por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)
Peso-mosca: Sabina Mazo venceu JJ Aldrich por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Curta o ‘Tudo Sobre MMA’ no Facebook! 

Conor McGregor

UFC 246: Conor McGregor garante: “Vou fazer mágica no octógono”

Há mais  de um ano afastado do octógono, o irlandês Conor McGregor demonstrou estar empolgado para seu retorno no próximo sábado (18) no UFC 246. Em entrevista para a ESPN, o falastrão revelou ansiedade para o confronto contra Cerrone  e ainda falou sobre às poucas provocações desferidas ao americano até o momento.

“Para mim, no momento atual da minha vida, esse é o caminho certo a seguir. É um momento especial, estou feliz em voltar e ter Donald Cerrone como adversário no início da temporada. Estou ansioso por esse encontro. Vai ser uma boa noite e vou brilhar no dia 18 de janeiro. Vou fazer mágica no octógono, como já fiz muitas vezes antes. Mas, dessa vez, vai ser algo especial”, revelou McGregor.

Leia também: Demian Maia x Gilbert Durinho é marcado para o UFC Brasília

De olho em uma revanche contra Khabib Nurmagomedov, o ex-campeão dos penas e dos leves despistou sobre seu futuro. McGregor também citou a mudança de categoria (meio-médios), onde atualmente o campeão é Kamaru Usman além de analisar sua luta contra Cerrone na divisão até 77kg.

“Eu simplesmente acho que ele não parece bem lutando nos leves. Ele é um atleta dos meio-médios. Na verdade, eu o venceria em qualquer divisão, até mesmo se eu estivesse com gripe. Mas estou feliz onde estou, a categoria até 77kg é emocionante e gosto do que está acontecendo aqui no momento. Tem Jorge Masvidal com esse cinturão e tem os outros caras lutando pelo cinturão linear (Atualmente de Kamaru Usman). Então, só quero entrar lá, lutar e abrir todas as minhas opções”, falou Conor.

Curta o ‘Tudo Sobre MMA’ no Facebook! 

Ingressos de McGregor x Cerrone se esgotam em apenas três minutos de venda

Para quem achou que a imagem de Conor McGregor estava desgastada com as recentes derrotas, pode ter se enganado. O astro irlandês continua com moral, prova disso, foi a bilheteria do UFC 246 que irá acontecer no dia 18 de janeiro em Las Vegas que se esgotou em apenas três minutos, segundo informações do presidente da organização, Dana White.

O mandachuva do Ultimate revelou uma arrecadação de aproximadamente US$ 10 milhões (cerca de R$ 41 milhões). Conor lidera o evento contra o americano Donald Cerrone na luta principal da noite, pela divisão dos meio-médios.

Atual detentor do título em Las Vegas de maior bilheteria, Conor pode estar próximo de quebrar. O recorde de maior bilheteria do UFC aconteceu no evento em que o próprio Conor McGregor enfrentou Khabib Nurmagomedov, no UFC 229: US$ 17.188.894,67. O ex-campeão peso-pena e galo ainda possui outro recorde, o de terceiro lugar onde enfrentou José Aldo no UFC 196, atrás do UFC 200 que deteve Amanda Nunes x Miesha Tate.

Foto: Getty Images
Vídeo mostra Conor McGregor agredindo primeiro o membro da equipe de Khabib Nurmagomedov

Conor McGregor enfrenta Donald Cerrone no UFC 246

O retorno de Conor McGregor ao UFC está próximo de acontecer. O presidente do UFC, Dana White, confirmou a ESPN que o irlândes assinou um contrato para enfrentar o americano Donald Cerrone, no UFC 246, no dia 18 de janeiro em Las Vegas. O duelo deverá acontecer na divisão dos meio-médios.

Ex-campeão de duas categorias, peso-pena e peso-leve, Conor McGregor fez apenas duas lutas de novembro de 2016 até hoje. Depois de conquistar o cinturão contra Eddie Alvarez em novembro de 2016, se aventurou no boxe, onde acabou derrotado em luta contra Floyd Mayweather e teve seu cinturão retirado do MMA por inatividade. Retornou já disputando o título contra Khabib Nurmagomedov em outubro de 2018, mas acabou superado por finalização.

Um dos lutadores mais emblemáticos do Ultimate, Donald Cerrone fez 11 lutas ao mesmo tempo em que Conor fez apenas duas no mesmo período de novembro de 2016 até hoje. Entretanto, o Cowboy não vive bom momento, e vem de duas derrotas consecutivas, sendo a mais recente em setembro desse ano ao ser nocauteado por Justin Gaethje.

CARD DO EVENTO ATÉ O MOMENTO; 

Peso-leve: Conor McGregor x Donald Cerrone
Peso-leve: Anthony Pettis x Diego Ferreira
Peso-leve: Nasrat Haqparast x Drew Dober
Peso-pena: Chas Skelly x Grant Dawson
Peso-mosca: Roxanne Modafferi x Maycee Barber
Peso-pesado: Alexey Oleynik x Maurice Greene

Vídeo: Conor McGregor agride idoso em bar na Irlanda

Ex-campeão peso-pena e peso-leve do UFC, o irlandês Conor McGregor, se envolveu em mais uma confusão. Em vídeo divulgado nesta quinta-feira (15) o astro do Ultimate aparece em um bar em Dublin, capital da irlanda, agredindo um idoso. A agressão ocorreu no dia 6 de abril, mas somente agora foi divulgada.

As imagens foram publicadas pelo site “TMZ”, onde mostra Conor entrando no bar, em seguida oferece doses do whisky de sua marca para clientes do estabelecimento. Um dos homens não teria aceitado, McGregor parece insistir mais uma vez, e o homem novamente recusa. Logo em seguida, Conor McGregor faz alguns gestos e agride com um soco de esquerda na cabeça do idoso, que ficou imóvel enquanto o ex-campeão é retirado por seguranças.

Até o momento, o Ultimate e nem Conor McGregor se pronunciaram sobre o ocorrido.

CONFIRA O VÍDEO DA AGRESSÃO:

Foto: Getty Images

Conor McGregor anuncia aposentadoria do MMA

O lutador do UFC Conor McGregor agitou o mundo do MMA nesta terça-feira (25). O ex-campeão peso-leve do UFC usou o Twitter para anunciar sua aposentadoria do esporte. É a segunda vez que o irlandês comunica sua retirada do cage. A primeira foi em 2016, quando Conor demonstrou insatisfação com obrigações do Ultimate na promoção da luta contra Nate Diaz.

“Ei caras, rápido anúncio, eu decidi me aposentar do esporte que já foi conhecido como “Arte Marcial Mista” hoje. Desejo tudo de bom daqui para frente na competição aos meus ex-colegas. Vou agora me juntar aos meus ex-sócios neste empreendimento na aposentadoria. Piña Coladas por minha conta, amigos!”, escreveu Conor.

Agora resta aguardar o desfecho desse anuncio repentino. O presidente do UFC Dana White, em entrevista para o site MMA Junkie, afirmou entender a decisão de Conor.

“Ele tem dinheiro suficiente para se aposentar, sua marca de whisky está arrebentando. Entendo totalmente. Se eu fosse ele, me aposentaria também. Ele está deixando as lutas, não o trabalho. O whisky o manterá ocupado, e tenho certeza que ele fará outras coisas. Sempre foi muito divertido ver Conor lutar. Ele conquistou coisas incríveis neste esporte. Estou muito feliz por ele, e ansioso por vê-lo ser tão bem sucedido fora do esporte quanto foi dentro dele”, relatou Dana.

Caso concretize a aposentadoria, Conor McGregor encerra sua passagem no MMA com 21 vitórias e quatro derrotas. No UFC, o irlandês conquistou dois cinturões – peso-pena e peso-leve.

Foto: Getty Images
Conor Mcgregor

Conor McGregor aceita desafio de Donald Cerrone

O irlandês Conor McGregor deu o ar da graça nas redes sociais aceitando um desafio de um colega de trabalho. O americano Donald Cerrone venceu por nocaute técnico Alexander Hernandez. A performance do Cowboy lhe rendeu elogio do Conor McGregor, que aceitou um antigo desafio.

No último dia 19, no UFC Fight Night: Cejudo vs. Dillashaw, Donald Cerrone venceu com facilidade seu adversário no segundo round. Essa luta foi o seu retorno a divisão dos pesos leves. A divisão do Khabib Nurmagomedov tem Conor McGregor como segundo colocado do ranking. Além de um bom trampolim para os cabeças da categoria, é uma luta que renderá muito dinheiro para ambos. Após o nocaute que rendeu o prêmio de luta e Performance da Noite para o americano, o irlandês Conor McGregor foi as redes sociais parabenizar o Donald Cerrone e aceitar o seu desafio. – Por uma luta como essa Donald, eu te enfrentarei. Parabéns. – Publiou Conor McGregor nas redes sociais. Até o presente momento de fechamento da matéria, a direção do UFC não se manifestou para aprovação e casamento do combate para algum evento, mas certamente isso deve acontecer nas próximas semanas após negociações. Carreira de Conor McGregor e Donald Cerrone Aos 30 anos de idade, o irlandês Conor McGregor é um dos principais nomes dentro do UFC. Um verdadeira máquina de publicidade, por onde passa atrai multidões entre fãs e críticos, deixou sua marca na história do MMA. Como profissional de MMA, seu cartel consta com 25 lutas, dessas, saiu como vencedor em 21 vezes e, perdendo outros 4 combates. Já o incansável Donald Cerrone, está com 35 anos de idade e em matéria de quebrar recordes no UFC, é o principal nome do UFC. Em seu cartel como lutador profissional de MMA, constam 47 combates. O Cowboy venceu 35 lutas e perdeu outras 11 e possui 1 ‘No Contest’.

Dana White fala sobre revanche entre Khabib e Conor: “deve acontecer ainda em 2019”

Uma revanche entre Khabib Nurmagomedov e Conor McGregor deve acontecer em 2019. Em entrevista para a TMZ, o presidente Dana White revelou a possibilidade de um reencontro, dependendo da suspensão que o russo e o irlandês irão receber em decorrência da briga generalizada entre as equipes dos dois lutadores após o UFC 229.

“Muita gente quer ver essa luta. Mas, novamente, temos que esperar a reunião da Comissão Atlética de Nevada. Quando ela acontecer, saberemos como as coisas acontecerão. Se tudo correr bem, dependendo da duração das suspensões, a segunda luta entre Conor McGregor e Khabib Nurmagomedov acontecerá ainda em 2019”, falou Dana.

Na ocasião, Khabib defendeu o cinturão ao vencer McGregor por finalização no terceiro round. Depois do triunfo, o russo pulou o octógono para brigar com Dillon Danis, um dos treinadores de Conor, o que acabou desencadeando um tumulto entre os times. Conor McGregor deverá receber uma suspensão mais curta, tendo em vista que foi atacado dentro do octógono.

A reunião da Comissão Atlética de Nevada está marcada para o dia 29 de janeiro em Las Vegas (EUA). O encontro deverá definir as suspensões e multa dos envolvidos na confusão.

Adversário de Mayweather responde ‘cutucada” de McGregor: “Vou vingar sua derrota”

A surpreendente notícia da luta entre Floyd Mayweather e o até então “desconhecido” Tenshin Nasukawa no Rizin 14, deu o que falar. O irlandês Conor McGregor não perdeu tempo e provocou o americano ao comparar o japonês com Jackie Chan: “Quem é esse fedelho contigo? Isso é muito louco. Parece algo do filme “A Hora do Rush” ou algo assim. Chris Tucker e Jackie Chan voltaram!”, provocou McGregor.

Também em uma rede social, Tenshin respondeu Conor relembrando o confronto entre ele e o pugilista em 2017, quando o americano venceu por nocaute técnico no 10º round.

“Olá, Sr. McGregor. Meu nome é Tenshin Nasukawa. Eu não sou o Jackie Chan. Eu prometo vingar sua derrota, então por favor assista à minha luta”, escreveu Nasukawa.

O confronto entre Floyd e Tenshin (regras ainda não divulgadas) está programado para o dia 31 de dezembro na Saitama Super Arena no Japão. Ainda que desconhecido por muitos, o japonês de apenas 20 anos é considerado um grande talento marcial no Japão. São 27 vitórias e nenhuma derrota em combates de trocação, além de uma invencibilidade de quatro vitórias no MMA profissional.

Foto: Katsuya Miyagawa/Kyodo News via AP

Conor McGregor analisa luta contra Khabib, reconhece erros e desconsidera revanche

Em uma publicação no instagram nesta terça-feira (23), o ex-campeão dos penas e leves do UFC Conor McGregor, analisou todos os rounds da luta contra Khabib Nurmagomedov no UFC 229, onde acabou derrotado no quarto round. Em longa publicação, o irlandês reconheceu ter subestimado a luta em pé de Khabib.

Conor McGregor também falou sobre uma possível revanche. Surpreendentemente, o falastrão não pediu um reencontro contra Khabib e afirmou que não haverá problemas em enfrentar o “próximo da fila”.

“Foi uma luta boa e foi um prazer. Vou voltar com minha confiança elevada. Completamente preparado. Se não for a revanche agora, sem problema. Enfrentarei o próximo da fila. É tudo sobre mim, sempre. Vejo vocês em breve, meus fãs. Amo vocês!.”


CONFIRA O POST COMPLETO:

Round 1: Acredito que, de um ponto de vista esportivo, o primeiro round foi dele. Ficou por cima me colocando contra a grade. Não avançou ou infringiu dano, mas ficou por cima. Pelo ponto de vista de uma luta, o primeiro round foi meu. Ataques efetivos e a vontade de atacar. Soco de esquerda no início, joelhada na cabeça, cotoveladas em todos os cenários. O oponente apenas segurou minhas pernas contra a grade por quase todo o round.

Round 2: Ele estava correndo pelo cage até ser abençoado com um soco de direita que mudou o curso do round e da luta. Foi um belo golpe. Depois do soco, levantei imediatamente para atacar, mas novamente ele mergulhou para escapar. Isso é um esporte e foi um movimento inteligente que lhe garantiu um round dominante. Sem problemas. Bem jogado.

Se eu tivesse ficado mais ligado e respeitado mais sua trocação, aquela direita nunca teria chegado perto e estaríamos falando de algo diferente agora. Não dei atenção ao seu cruzado de direita durante meu treinamento, sem sparring específico em pé, apenas ataques de wrestlers. Isso não acontecerá de novo. Também não acreditei nos meus ataques no chão. Apenas defesa. Lições. Não escute ninguém, apenas você sobre suas habilidades. Você é o dono do seu universo. Sou o mestre nisso. Tenho que aceitar meu próprio conselho.

Round 3: Depois do pior round da minha carreira, volto e venço esse round. De novo, andando para frente, fazendo ele andar para trás e tentando atacar.

Round 4: Minha recuperação não está onde poderia estar. Isso foi erro meu. Mesmo assim, venci as primeiras trocas no round quatro. Ele mergulha em queda de novo e termino em uma posição ruim. Trabalho para retomar a posição e levantar com as minhas costas contra a grade. No entanto, fiz um erro crucial ao abandonar meu gancho nesse momento, expondo minhas costas. Termino derrotado de forma justa.

O que posso dizer? Foi uma luta boa e foi um prazer. Vou voltar com minha confiança elevada. Completamente preparado. Se não for a revanche agora, sem problema. Enfrentarei o próximo da fila. É tudo sobre mim, sempre. Vejo vocês em breve, meus fãs. Amo vocês!”.

Foto: Julio Cortez/PA Images
Os dois maiores salários do UFC 229 são de Conor McGregor e Khabib Nurmagomedov

McGregor e Nurmagomedov são suspensos por confusão no UFC 229

Conor McGregor e Nurmagomedov estão suspensos após a confusão generalizada no fim do card do UFC 229. A Comissão Atlética de Nevada, após alguns dias de investigações, chegou a um veredito final. A comissão resolveu suspender ambos os atletas por terem contribuído com a confusão após o termino da luta.

Leia mais
Confira os salários do UFC 229
[VÍDEO] Conor McGregor agrediu antes de ser agredido
Conor McGregor se manifesta após derrota no UFC 229

A punição de McGregor e Nurmagomedov foi bastante branda, tendo em visto a repercussão negativa que envolveu a briga. A Comissão Atlética de Nevada divulgou suspensão de 10 (dez) dias para cada atleta. O prazo de punição começa a correr na segunda-feira (15),  McGregor e Nurmagomedov não comentaram a decisão.

Com isso, os salários dos atletas que ficaram retidos, agora foram liberados. Conor McGregor mesmo tendo sido finalizado no quarto round, ficou com a maior bolsa da noite. Enquanto isso, Khabib Nurmagomedov que defendeu o seu cinturão com maestria, ficou com o segundo maior pagamento da noite.

Carreira de Conor McGregor e Nurmagomedov 

O polêmico irlandês está atualmente com 30 anos e luta MMA profissionalmente desde o ano de 2008. Foi campeão em duas categorias do UFC e chocou o mundo com o nocaute sobre José Aldo, que até então varreu a divisão dos penas por uma década. Em seu cartel como lutador profissional, tem 25 lutas no total, tendo vencido em 21(18 nocautes, 1 finalização e 2 decisões) ocasiões e saindo derrotado em outras 3. Conor já ganhou o cinturão dos leves uma vez. Foi sobre Eddie Alvarez no UFC 205 e foi destituído por inatividade.

Khabib Nurmagomedov, atleta russo, 30 anos de idade, cartel 27-0. (8 nocautes, 9 finalizações e 10 decisões). Ganhou o cinturão contra Al Laquinta no UFC 223 e fez sua primeira defesa bem sucedida de título.

Os dois maiores salários do UFC 229 são de Conor McGregor e Khabib Nurmagomedov

Confira os salários do UFC 229

A Comissão Atlética de Nevada divulgou a lista com todos os salários do UFC 229, mais uma edição histórica do Ultimate. Com todo o prestígio que teve o evento, nada mais normal que quantias altíssimas para os responsáveis de fazer o combate principal dessa noite de lutas em Las Vegas. Com mais de 20 (vinte) mil pessoas presentes na arena, o UFC só de bilheteria faturou US$ 17.200.000 (dezessete milhões de dólares). A quantia ultrapassa R$ 64.000.000,00 (sessenta e quatro milhões de reais) se convertidos em Real na cotação atual do Dólar.

Em contrapartida, somando todas os salários do UFC 229, a organização gastou US$ 6,636,000 (seis milhões, seiscentos e trinta e seis mil dólares) com pagamentos. Logo, só com a venda de bilheterias, nota-se um lucro estrondoso do UFC. Fora dessa contagem do lucro, ainda entra a venda de Pay-Per-View.

Como já era esperado, o lutador mais bem pago da noite foi Conor McGregor. O irlandês que foi finalizado no quarto round, faturou US$ 3.030.000  (três milhões e trinta mil dólares). Se convertida na nossa moeda, a quantia gira em torno de R$ 11.000.000,00 (onze milhões de reais).

Leia mais
[VÍDEO] Conor McGregor agrediu antes de ser agredido
Conor McGregor se manifesta após derrota no UFC 229
Anderson Silva começa a provocar Conor McGregor

O campeão dos leves Khabib Nurmagomedov ficou com a segunda maior bolsada noite. O russo pode faturar US$ 2.040.000 (dois milhões e quarenta mildólares). Foi dito ‘pode’ pelo fato do dinheiro estar retido em detrimento da confusão gerada no UFC 229. Em reais, a bolsa se Nurmagomedov é cerca de R$ 7.600.000,00 (sete milhões e seiscentos mil reais).

Os salários expostos abaixo já é a somatória da bolsa para lutar, eventuais bônus para os vencedores, eventuais bônus de performances, luta da noite e patrocinadora. Está incluso também a retirada dos 30% perdidos por quem não bateu o peso, tendo sido acrescentados no respetivo adversário.

Confira todos os salários do UFC 229:

Conor McGregor : US$ 3.030.000

Khabib Nurmagomedov : US$ 2.040.000 * (retido)

Derrick Lewis : US$ 330.000

Tony Ferguson : US$ 215.000

Anthony Pettis : US$ 215.000

Nik Lentz : US$ 120.000

Ovince Saint Preux : US$ 106,000

Michelle Waterson : US$ 105.000

Jussier Formiga : US$ 96.000

Dominick Reyes : US$ 94.000

Vicente Luque : US$ 81.000

Alexander Volkov : US$ 79.000

Aspen Ladd : US$ 77.500

Gray Maynard : US$ 69.000

Scott Holtzman : US$ 65.000

Tony Martin : US$ 61.000

Sergio Pettis : US$ 56.000

Yana Kunitskaya : US$ 53.500

Felice Herrig : US$ 45,000

Ryan LaFlare : US$ 38.000

Alan Patrick : US$ 35.000

Tonya Evinger : US$ 33.500

Lina Lansberg : US$ 24.000

Jalin Turner : US$ 13.500

Foto: Jeff Bottari / Zuffa LLC / Zuffa LLC via Getty Images