Dana White elogia Israel Adesanya: “Deu uma aula e o destruiu”

No duelo entre Israel Adesanya e Paulo Borrachinha no UFC 253, neste sábado (16) na Ilha da Luta em Abu Dhabi, a soberania do nigeriano sobre o brasileiro movimentou o mundo do MMA. Após o evento, em coletiva de imprensa, o presidente da companhia, Dana White, comentou a atuação avassaladora de Adesanya e negou uma frustração com o luta.

“Quando você analisa uma luta e pensa como ela deve transcorrer, essa não deveria ser a luta que aconteceu nesta noite. Deveria ter sido uma luta muito mais difícil. Mas você não pode ficar decepcionado quando você tem alguém tão talentoso como Adesanya, e ele entra lá e impõe sua vontade e literalmente destrói um cara tão bom e tão duro como Paulo Costa. Você não olha a luta e diz: ‘Oh, eu acho que Costa não era tão bom assim’. Não, Costa é muito bom. Mas Adesanya o bateu nesta noite. Deu uma aula e o destruiu. Você não pode ficar chateado com isso”, disse Dana.

Dana White também citou a falta de reação de Borrachinha, que durante a luta praticamente não conseguiu impor seu jogo e foi presa fácil para Israel.

“Bem, lá se vai a luta do ano, mas foi o domínio do ano. Foi estranho porque, se você olhar para todas as outras lutas que Paulo Costa teve, ele entra e vai atrás das pessoas, como se eles devessem dinheiro a ele. E eu acho que ele acertou um jab nessa luta. Não tentou o clinch na grade, não tentou colocar pressão, continuava andando de volta para o centro do octógono. Muito estranho”, falou Dan White.

Foi a segunda defesa de título de Israel Adesanya, que manteve a invencibilidade na carreira e agora soma 20 vitórias. Do outro lado, Borrachinha interrompe uma sequência de 13 triunfos.

Veja todos os resultados do UFC 253

Ouça nosso podcast – Spotify | Deezer | Itunes