UFC 255 Deiveson x Perez

UFC 255 – Resultados: Deiveson Figueiredo x Alex Perez

E um dos eventos mais importantes para o Brasil em 2020, o UFC 255 aconteceu neste sábado (21), em Las Vegas (EUA). O duelo principal marcou a primeira defesa de cinturão do brasileiro Deiveson Figueiredo, que colocou o cinturão peso-mosca e jogo contra o americano Alex Perez.

A co-luta principal foi um duelo feminino entre a campeã peso-mosca Valentina Shevchenko diante da brasileira Jennifer Maia. A quirguistanesa foi para a quinta defesa de título. .

Ouça nosso podcast – Spotify | Deezer | Itunes

ACOMPANHE OS RESULTADOS DO UFC 255 EM TEMPO REAL:

CARD PRINCIPAL:
Peso-mosca: Deiveson Figueiredo venceu Alex Perez por finalização (guilhotina) aos 1m57s do 1º round
Peso-mosca: Valentina Shevchenko venceu Jennifer Maia por decisão unânime (49-46, 49-46, 49-46)
Peso-meio-médio: Tim Means venceu Mike Perry por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)
Peso-mosca: Katlyn Chookagian venceu Cynthia Calvillo por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)
Peso-meio-pesado: Paul Craig venceu Maurício Shogun por nocaute técnico (socos) aos 3m36s do 2º round

CARD PRELIMINAR:
Peso-mosca: Brandon Moreno venceu Brandon Royval por nocaute técnico aos 4m59s do 1º round
Peso-médio: Joaquin Buckley venceu Jordan Wright por nocaute aos 18s do 2º round
Peso-mosca: Antonina Shevchenko venceu Ariane Lipski por nocaute técnico (socos) aos 4m33s do 2º round
Peso-meio-médio: Nicolas Dalby venceu Daniel Rodriguez por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)
Peso-meio-médio: Alan Jouban venceu Jared Gooden por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)
Peso-médio: Kyle Daukaus venceu Dustin Stoltzfus por decisão unânime
Peso-meio-médio: Sasha Palatnikov venceu Louis Cosce por nocaute técnico (socos) aos 2m27s do 3º round

Leia também: Após perder eleição, Rony Jason diz que vai colocar fogo em bandeira de Quixadá

Ortega x Zumbi

Brian Ortega supera Zumbi Coreano na decisão: Jéssica nocauteia no 1º round

Aconteceu neste sábado (17) o penúltimo evento na “Ilha da Luta”, neste retorno do UFC em Abu Dhabi. Liderando o card, Brian Ortega e o Zumbi Coreano buscavam uma vitória para se aproximarem de uma disputa pelo cinturão.

E quem levou a melhor foi o americano. Ortega dominou o sul-coreano durante os cinco rounds e saiu o vitorioso por decisão unânime dos juízes. Após a luta, Brian pediu uma chance pelo cinturão contra o campeão Alexander Volkanovski.

Ortega que já disputou o cinturão da categoria. Na época enfrentou Max Holloway e acabou derrotado por nocaute técnico. Foi a primeira derrota na carreira do americano.

Leia também: Lutador do UFC é condenado a 22 meses de cadeia

Quase todos os brazucas vão mal em Abu Dhabi!

Salvando a noite brasileira, Jéssica Andrade não deu chances para Katlyn Chookagian e saiu vitoriosa por nocaute técnico ainda no primeiro round. O início do fim para a americana foi após Jéssica aplicar um potente gancho no fígado, onde abriu o caminho para terminar a luta na via rápida.

Com o triunfo na estreia no peso-mosca, Jéssica Andrade escreveu o seu nome na história como a primeira lutadora a lutar em três divisões.

Claúdio Hannibal e Thominhas Alemeida também foram representantes verde e amarelo na noite. E os dois não conseguiram trazer a vitória. Thomas acabou superado na decisão unânime por Jonathan Martinez, enquanto Hannibal perdeu para James Krause também por decisão.

A primeira brasileira em ação na noite foi Poliana Botelho. A peso-mosca não lutava há quase um ano e acabou saindo derrotada na decisão unânime em luta contra Gillian Robertson

CARD PRINCIPAL
Brian Ortega venceu Chan Sung Jung por decisão unânime (triplo 50-45)
Jéssica Bate-Estaca venceu Katlyn Chookagian por nocaute técnico aos 4m55s do R1
Jimmy Crute venceu Modestas Bukauskas por nocaute aos 2m01s do R1
James Krause venceu Cláudio Hannibal por decisão unânime (triplo 30-27)
Jonathan Martinez venceu Thomas Almeida por decisão unânime (triplo 30-27)


CARD PRELIMINAR
Guram Kutateladze venceu Mateusz Gamrot por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Gillian Robertson venceu Poliana Botelho por decisão unânime (29-28, 29-27 e 29-27)
Jun Yong Park venceu John Phillips por decisão unânime (triplo 30-25)
Fares Ziam venceu Jamie Mullarkey por decisão unânime (triplo 29-28)
Maxim Grishin venceu Gadzhimurad Antigulov por nocaute técnico aos 4m58s do R2
Said Nurmagomedov venceu Mark Striegl por nocaute técnico aos 51s do R1

Ouça nosso podcast – Spotify | Deezer | Itunes

Adesanya x Borrachinha

UFC 253 – Resultados: Adesanya x Borrachinha

O Ultimate retornou à Ilha da Luta em Abu Dhabi, neste sábado (26) para o UFC 253. O evento trouxe na luta principal um dos confrontos mais aguardados dos ano, entre o campeão dos médios, Israel Adesanya, diante do brasileiro Paulo Borrachinha.

O duelo foi além de uma disputa pelo cinturão. Os dois lutadores vinham se provocando antes mesmo do combate ser confirmado. A luta também envolvia dois invictos. Adesanya vinha de 19 vitórias, enquanto Borrachinha acumulava 13 triunfos.

Ouça nosso podcast – Spotify | Deezer | Itunes

A co-luta principal da noite também teve cinturão em disputa. Pelo cinturão vago dos meio-pesados, o americano Dominick Reyes enfrentou o polonês Jan Blachowicz.

RESULTADOS DO UFC 253 EM TEMPO REAL:

CARD PRINCIPAL:
Cinturão peso-médio: Israel Adesanya venceu Paulo Borrachinha por nocaute técnico aos 3m59s do segundo round
Cinturão peso-meio-pesado: Jan Blachowicz venceu Dominick Reyes por nocaute técnico (socos) aos 4m:36s do 2º round
Peso-mosca: Brandon Royval venceu Kai Kara-France por finalização (guilhotina) aos 00m48s do 2º round
Peso-galo: etlen Vieira venceu Sijara Eubanks por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)
Peso-pena: Hakeem Dawodu venceu Zubaira Tukhugov por decisão unânime (28-29, 30-27, 29-28)


CARD PRELIMINAR:
Peso-leve: Brad Riddell venceu Alex Leko por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)
Peso-meio-médio: Jake Matthews venceu Diego Sanchez por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-26)
Peso-pena: Ludovit Klein venceu Shane Young por nocaute (chute na cabeça e socos) aos 1m:16s do 1º round
Peso-meio-pesado: William Knight venceu Aleksa Camur por decisão unânime (29-28, 30-27, 30-27)
Peso-pesado: Juan Espino venceu Jeff Hughes por finalização aos 3m48s do 1º round
Peso-meio-pesado: Danilo Marques venceu Khadis Ibragimov por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27)

Veja nossas últimas notícias

Overeem vence Sakai por nocaute

Alistair Overeem nocauteia Augusto Sakai no UFC Vegas 9

Em mais um sábado de UFC em Las Vegas, o evento trouxe na luta principal um confronto pela divisão dos pesados entre o brasileiro Augusto Sakai e o holandês Alistair Overeem. Apesar de um bom começo de luta do curitibano, Overeem se recuperou a partir do terceiro round e liquidou o combate no quinto round por nocaute técnico.

A luta: Overeem atacou o brasileiro com um bom cruzado de direita. Em sequência foi a vez de Sakai iniciar uma sequência de golpes, iniciando com um golpe na linha de cintura, Overeem foi para trás e o curitibano disparou algumas joelhadas. O duelo voltou a ficar na trocação franca. Alistair conectou um direto, mas Augusto absorveu. Na reta final Sakai mais uma vez teve um bom momento e aplicou bons golpes no clinche.

No segundo round, Augusto Sakai logo no começo já começou pressionando o holandês no clinche. Depois foi a vez de Alistair manter a posição de vantagem no clinche e pressionar o brasileiro de costas para grade. Overeem conseguiu conectar uma boa cotovelada que abriu um ferimento no brasileiro.

Atrás no placar parcial, Overeem começou o terceiro round mostrando mais agressividade, porém Sakai rechaçou a aproximação e novamente começou uma blitz para cima do holandês. Overeem respondeu conseguindo quedar o brasileiro. No ground and pound, Alistair conectou potentes socos até o final do assalto.

Visivelmente cansado, Sakai já demonstrava dificuldades nas sequências de golpes no quarto round. Porém o brasileiro voltou a pressionar o adversário de costas para a grade. mas Overeem novamente conseguiu derrubar o brasileiro e iniciou outro ground and pound e desse vez mais poderoso com uma extensa variedade de socos e cotoveladas.

Se o momento do brasileiro não era bom no final do último round, o início do quinto também não foi. Overeem tratou rapidamente de quedar Sakai e iniciou mais uma brutal sequência de golpes terminando a luta por nocaute técnico.

Com a vitória, Alistair Overeem emplaca a segunda vitória consecutiva, enquanto Augusto Sakai interrompe uma sequência de quatro vitórias.

(QUASE) todos os Brasileiros dão show no UFC Vegas 9!

Abrindo os representantes brasileiros na noite, a lutadora Viviane Araújo derrotou Montana de La Rosa por decisão unânime. A brasileira levou a melhor sobre a americana e aplicou bons golpes retos que machucaram o rosto da adversária. Com o triunfo, Viviane se recupera do recente revés para Jessica Eye.

André Muniz foi mais um brazuca que saiu vitorioso. O “Sergipano” não teve dificuldades e venceu com facilidade Bartosz Fabinski por finalização ainda no primeiro round.

E o maior destaque da noite ficou para Michel Pereira. O “Paraense voador” descontou o tapa na cara que recebeu do russo ontem na encarada após a pesagem no melhor estilo e o melhor, dentro do octógono. Michel não tomou conhecimento do adversário durante a luta e com uma performance avassaladora dominou as ações do combate e saiu vitorioso por finalização no final do terceiro round.

RESULTADOS DO UFC VEGAS 9:

CARD DO EVENTO:
Peso-pesado: Alistair Overeem venceu Augusto Sakai por nocaute técnico aos 26s do quinto round
Peso-meio-pesado: Ovince St-Preux venceu Alonzo Menifield por nocaute (soco) aos 4m:07s do segundo round
Peso-meio-médio: Michel Pereira venceu Zelim Imadaev por finalização (mata-leão) aos 4m39s do terceiro round
Peso-médio: André Muniz venceu Bartosz Fabinski por finalização (chave de braço) aos 2m42s do primeiro round
Peso-pena: Brian Kelleher venceu Ray Rodriguez por finalização (guilhotina) aos 39s do primeiro round
Peso-mosca: Viviane Araújo venceu Montana de la Rosa por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)
Peso-galo: Hunter Azure venceu Cole Smith por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)

Leia também: Exclusivo: Talita Bernardo assina com o Taura MMA

Ouça nosso podcast – Spotify | Deezer | Itunes

Foto: Getty Images