Anderson Silva é nocauteado em despedida contra Uriah Hall

Após mais uma série de eventos na Ilha da Luta em Abu Dhabi, o Ultimate retornou à Las Vegas neste sábado (31) para mais uma edição. O confronto principal foi muito especial, pois marcou a possível despedida do ex-campeão Anderson Silva. Mas quem estava para estragar a festa do brasileiro era o jamaicano Uriah Hall.

E não deu outra, o coadjuvante Uriah Hall superou o brasileiro por nocaute técnico no quarto round aos 1m24s de luta.

Ainda que o nocaute doloroso possa alimentar uma ideia de superioridade absoluta do adversário, “Spider” chegou a ter bons momentos na luta, principalmente no primeiro round onde mostrou boa movimentação e leva vantagem, enquanto Hall respeitava o ex-campeão e não conseguia ter sucesso nos ataques ao brasileiro.

Já o segundo round foi mais parelho. Os dois lutadores voltaram mais focados, porém o jamaicano ainda estava tímido na luta e não se soltava. Anderson Silva apesar de não fugir do combate também não conseguia encaixar uma boa sequência de golpes.

O terceiro round foi derradeiro para o final da luta. Anderson e Uriah Hall seguia na trocação em pé, e Spider teve um bom momento após conectar alguns golpes no jamaicano, que depois de reclamar de uma possível dedada no olho do brasileiro conectou um potente soco de direita que fez Anderson ir ao solo e acabar salvo pelo gongo antes da interrupção do árbitro.

E na quarta etapa Hall voltou mais agressivo buscando a luta, e em aproximação do brasileiro aplicou um golpe que levou Spider em knockdown, no chão, Anderson ainda tentou se defender, mas o ataque poderoso de Uriah forçou o árbitro a interromper a luta por nocaute técnico.

Foi a terceira vitória consecutiva de Uriah Hall, e após a luta o jamaicano se desabou no choro mostrando respeito por Anderson Silva. Em entrevista após o duelo, Spider não cravou que essa foi sua última luta da carreira, disse que irá conversar primeiro com sua equipe e família para decidir o seu futuro.

RESULTADOS DO UFC VEGAS 12:

CARD PRINCIPAL
Uriah Hall venceu Anderson Silva por nocaute técnico aos 1m24s do R4
Bryce Mitchell venceu Andre Fili por decisão unânime (29-28, 30-27 e 30-27)
Greg Hardy venceu Maurice Greene por nocaute técnico aos 1m12s do R2
Kevin Holland venceu Charlie Ontiveros por desistência verbal aos 2m39s do R1
Thiago Moisés venceu Bobby Green por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)


CARD PRELIMINAR
Alexander Hernandez venceu Chris Gruetzemacher por nocaute técnico a 1m46s do R1
Adrian Yanez venceu Victor Rodriguez por nocaute aos 2m46s do R1
Sean Strickland venceu Jack Marshman por decisão unânime (30-27, 39-27, 30-27)
Jason Witt venceu Cole Williams por finalização aos 2m09s do R2
Dustin Jacoby venceu Justin Ledet por nocaute técnico aos 2m38s do R1
Miles Johns venceu Kevin Natividad por nocaute aos 2m51s do R3

Ouça nosso podcast – Spotify | Deezer | Itunes

Leia também: Lutador do UFC é condenado a 22 meses de cadeia