[VÍDEO] Academia no Ceará mostra seu processo de reabertura

Academia no Ceará, mais precisamente em Fortaleza, mostra na prática, como está sendo o dia a dia após a reabertura da academia. A Eiko Artes Marciais trouxe inovação no processo de volta aos treinos e chamou muita atenção.

O Decreto Legislativo nº 06 de 2020 decretou o estado de calamidade pública em todo o território nacional, em virtude da pandemia da COVID-19. Várias medidas restritivas foram tomadas para tentar controlar o nível de contagio, e uma dessas medidas foi o fechamento de academias.

Veja nossas últimas notícias

Com o achatamento da curva, vários Estados começaram a flexibilizar a reabertura de vários setores. No Ceará não foi diferente, após e um período difícil, sendo um dos piores Estados do Brasil, as coisas estão melhorando, finalmente, por lá.

Porém, não pode-se subestimar o vírus e ignorar as medidas restritivas para não se passar por uma segunda onda de contágio. Por isso, uma academia no Ceará trouxe um método inovador para retomar os treinos de maneira responsável.

Ficamos impressionados com a excelência dos procedimentos adotados pela Eiko Artes Marciais, e por isso, procuramos sua responsável, para contar um pouco dessa experiencia e poder, inclusive, ajudar outras equipes a tomarem cuidado nesse retorno.

Entrevista com Daniela Sleiman, representante da Eiko, academia no Ceará.

“Nós ficamos preocupados em como iriamos voltar as atividades e como iriamos dispor para nossos alunos um modelo de treinamento de retomada, depois de cinco meses parados e com vários procedimentos a serem feitos. Nós sempre temos esse olhar de “cuidar” dos nossos alunos.

Temos um carinho muito especial por todos, por isso olhamos diferente para eles, tando proporcionando uma estrutura de qualidade, quanto também do zelo, cuidado e carinho por adotarem a Eiko como segunda casa.” – Disse a responsável pela a Academia no Ceará.

Academia no Ceará – Mostra como fazer processo de reabertura

Sobre a fonte de inspiração para a adoção desses procedimentos rígidos, mas que permitiram o retorno aos treinos, a Daniela Sleiman contou que foi uma mesclagem do que foi funcionando em outras academias, artes marciais e cursos feitos.

“Nós estudamos e conversamos muito tudo que estava acontecendo, fizemos reuniões e entrevistas com academias de amigos de fora do país, e aplicamos tudo de mais relevante dentro da Eiko. Também fiz um curso na ACAD (Associação Brasileira de Academias) e foi um momento muito enriquecedor, ondo pude aprender vários procedimentos.

Fizemos ainda cursos online que ajudaram a entender mais sobre essa pandemia, e fomos criando o nosso próprio protocolo, inspirados também na confederação de Judô e de Jiu-jitsu e também da equipe Nova União” – Contou.

VÍDEO: Academia no Ceará mostra seu processo de reabertura

Para essa retomada, essa academia do Ceará teve que voltar por conta própria, sem incentivo e/ou ajuda qualquer do Governo Estadual.

“Não, o governo não ajudou para a retomada. Esperávamos que o planejamento de retomada e orientação sobre medidas fosse informados de forma antecipada, assim como a data de reabertura do setor. Mas as informações foram em cima da hora. Graças a Deus estávamos preparados para qualquer momento, pois montamos um planejamento e nos organizamos para qualquer data.” – Declarou.

Academia no Ceará – Como é o processo de reabertura.

Daniela Sleiman contou ainda como está acontecendo os treinos de Jiu-jitsu, quais os procedimentos estão sendo tomados e como será a retomada gradativa da normalidade.

“Criamos uma metodologia de faseamento para os treinos, determinamos um prazo para cada etapa, até chegar o momento de existir o contato físico.

Dessa forma conseguimos entender o que anda acontecendo na nossa cidade quanto a evolução dos casos, e ir criando confiança para volta da normalidade.

Nesse início estamos focando o preparo físico e a parte técnica, usando materiais como bola, bonecos e outros materiais que possibilitam realizar a movimentação necessária para o desenvolvimento das posições.

Posteriormente entraremos na fase de treino de contato, onde estamos chamando de dupla fixa, estarão treinando juntos pessoas da mesma família, que vão juntos para a Eiko, que moram no mesmo prédio, etc.

Na próxima fase trabalharemos quartetos, onde ampliaremos mais o grupo de parceiros mas que tenham esse convivo comum. e assim chegar a normalidade de acordo com a evolução dos casos.

Estamos observando e acompanhando Fortaleza esta bem tranquilo. Tivemos um pronunciamento do secretario que não tem indicadores que possibilitam uma segunda onda na nossa capital. ” – Contou a representante da academia no Ceará.

A Eiko Artes Marciais fica localizada na Av. Santos Dumont, 5040 – Cocó, em Fortaleza, Estado do Ceará e pode facilmente ser achada também através das redes sociais.