[VÍDEO] Alexander Volkanovski vence Holloway no UFC 251

https://secure.gravatar.com/avatar/d30928aa4ea7f76ecb332d46d0469dc2?s=96&d=mm&r=g

Paulo Nascimento

12/07/2020

A luta co-principal do histórico UFC 251 foi o duelo válido pelo cinturão do peso pena entre Alexander Volkanovski x Max Holloway. Vindo de dezoito vitórias seguidas, Volkanovski fez sua primeira defesa de título contra Holloway que vem de derrota para o atual campeão, que tomou seu título.

Confira também:

Todos os resultados do UFC 251

Ouça nosso podcast – Spotify | Deezer | Itunes

Com previsão de cinco rounds, a luta começou muito estudada, e o campeão soltou os primeiros golpes, rechaçando as tentativas de aproximação do desafiante. Max Holloway caminhava para frente, tentando encontrar a distância e golpeava para somar pontos. Alexander Volkanovski respondia a altura todas a investidas do desafiante. Uma luta totalmente técnica, com golpes friamente calculados, bastante parelha, podendo ser vista uma leva vantagem para o Holloway.

O segundo assalto voltou na mesma proposta o Alexander Volkanovski até tentou abrir vantagem com chutes, mas o Max Holloway ditava o ritmo da luta e depois de boas combinações foi abrindo vantagem no round. Com a longa distância definida, o Holloway usava sua superioridade de envergadura para golpear de forma mais excelente, vencendo mais um round.

Trocação de Alexander Volkanovski e Max Holloway

Alexander Volkanovski voltou para o terceiro round mais agressivo, encurtando a distancia e atingindo mais o seu adversário. O campeão ainda conseguiu grudar o desafiante na grade, mas não saiu nenhum trabalho eficiente de lá, no retorno ao centro do cage, Holloway voltou a esboçar mais agressividade, mas o Volkanovski continuou o ritmo mais intenso até o final e venceu o terceiro assalto.

A agressividade de Volkanovski continuou a prevalecer no início do quarto round. Holloway respondia os golpes, mas o campeão ainda era mais efetivo nesse assalto. Volkanovski conseguiu quedar seu oponente, mas não teve tempo para trabalhar posição de vantagem e a luta voltou de pé. A luta em pé seguiu sendo melhor para o campeão, que empatou a luta.

Sem nada definido, o quinto e último round voltou bastante agressivo, com ambos os lutadores buscando o combate. A trocação insana foi do início ao fim, todo golpe tinha resposta, e seguiu parelha até o final do round, podendo ser atribuída a vitória do round e da luta para qualquer um.

Na soma das papeletas dos árbitros laterais, foi decretada a vitória de Alexander Volkanovski por decisão dividida, mantendo seu título dos penas.