• Início
  • Notícias
  • Com performance segura, Durinho despacha Woodley e pede luta pelo cinturão

Com performance segura, Durinho despacha Woodley e pede luta pelo cinturão

https://secure.gravatar.com/avatar/28d2726733235892509e3844977e0ca2?s=96&d=mm&r=g

Kelvin Ramirez

31/05/2020

Na volta do UFC em Las Vegas neste sábado, um duelo pela divisão dos meio-médios pode ter colocado um brasileiro na disputa pelo cinturão da categoria. Gilbert Durinho emplacou sua sexta vitória consecutiva ao bater o ex-campeão da divisão, Tyron Woodley na decisão unânime. Após a luta, o brasileiro mostrou respeito pelo atual campeão Kamaru Usman, mas desafiou o nigeriano.

“Eu amo o campeão meu amigo, Kamaru Usman. Tenho muito respeito por ele, mas eu sou o próximo. Quero lutar pelo cinturão. Podemos fazer em julho, eu não tenho um arranhão em mim”, disse Gilbert Durinho.

A luta: Woodley lançou o primeiro golpe de direta, Durinho respondeu com chutes baixos. Depois em aproximação Durinho conectou uma sequência com diretos e ganchos em Woodley que sentiu os golpes e foi para o solo. Durinho desferiu mais alguns golpes e foi em busca da finalização. Por cima, o brasileiro controlava o americano, que resistia. O duelo ficou por alguns minutos com o brasileiro pressionando no chão, mas a luta voltou a ficar em pé. Mais confiante, Gilbert Durinho disparava alguns chutes baixos para rechaçar a aproximação do ex-campeão.

Na segunda etapa, um direto de direita entrou no frontal do brasileiro. Durinho seguiu buscando conectar chutes. Em tentativa de ataque de Woodley, Durinho conseguiu quedar o americano. Ficou por cima no solo, mas Woodley reagiu aos ataques do brasileiro e ficou de pé.

No terceiro round Woodley esboçou uma reação no início, mas Durinho continuava andando para frente pressionando o americano o tempo inteiro. Ao contrário dos rounds anteriores, no terceiro round a luta não foi para o chão e se desenvolveu na troca franca de golpes, mas sem muita contundência.

O quarto round começou mais quente, Woodley lançou um cruzado de esquerda, mas o brasileiro foi mais rápido e buscou a queda, entretanto o americano freou o ataque do brasileiro e os dois voltaram a ficar agarrados junto a grade até o juiz interromper a luta e reiniciar no centro do octógono. Durinho em mais um ataque poderoso com uma sequência avassaladora fez Woodley sentir os golpes e buscar a luta agarrada para frear a ascensão do brasileiro. Durinho ganhou posição por cima de Woodley no chão e buscou o estrangulamento, mas o americano acabou salvo pelo gongo.

Mesmo atrás no placar, Woodley no quinto round manteve-se acuado. Durinho pressionava o americano de costas na grade. Woodley reverteu a posição mas pouco fez e o árbitro central voltou a interromper a luta. O duelo voltou ao centro do octógono. Woodley tentava reagir atacando com golpes retos no frontal do brasileiro, que tentava não dar espaço e apenas administrava a vitória parcial. Nos segundos finais a luta ficou tensa com os dois lutadores na trocação franca.

Em decisão oficial dos juízes laterais Gilbert Durinho saiu o vitorioso por decisão unânime.

VEJA OS RESULTADOS DO UFC VEGAS