• Início
  • UFC
  • UFC Brasília: Trinaldo Massaranduba vence John Makdessi

UFC Brasília: Trinaldo Massaranduba vence John Makdessi

https://secure.gravatar.com/avatar/d30928aa4ea7f76ecb332d46d0469dc2?s=96&d=mm&r=g

Paulo Nascimento

14/03/2020

Com portões fechados e até sem a imprensa presente, John Makdessi e Francisco Trinaldo Massaranduba fizeram a luta de abertura do card principal do UFC Brasília, válida pelo peso leve.

Ouça nosso podcast: Spotify | Deezer | Itunes
Leia também:

– 8 lutadores são demitidos do UFC

– Confira todos os salários do UFC 247

O primeiro round começou estudado, mas o brasileiro ditava mais o ritmo do combate. Trinaldo Massaranduba era mais agressivo e contundente, já mostrando ao John Makdessi a que veio. A luta seguiu em pé e o Makdessi soltou mais o jogo, contragolpeando, mas o brasileiro ainda foi melhor nesse assalto, abrindo vantagem na contagem.

O segundo assalto voltou na mesma pegada, com o brasileiro se impondo. A combinação de chutes e socos, contribuiram para o Trinaldo Massaranduba abrir nova margem, apresentando mais volume de jogo e, mesmo sendo contra-golpeado pelo John Makdessi foi derrotado em mais um round.

Para o terceiro e ultimo round o Trinaldo Massaranduba seguiu na mesma pegada, ditando o ritmo do jogo do início ao fim, conectando os melhores golpes abrindo uma vantagem tranquila em mais um round.

Na soma das papeletas dos árbitros laterais, seguiu o obvio e Trinaldo Massaranduba venceu por decisão unânime.

Carreira de John Makdessi e Francisco Trinaldo Massaranduba

Aos 34 anos de idade o canadense John Makdessi chegou ao UFC Brasília com uma sequência de três vitórias consecutivas. Lutando MMA profissionalmente desde o ano de 2008, até então fez 24 combates, tendo vencido em 17 oportunidades e perdido as outras 7.

Enquanto isso, o brasileiro Trinaldo Massaranduba, com 41 anos de idade, não vive a melhor fase da carreira e oscila entre uma derrota e uma vitória desde 2017, quando Kelvin Lee interrompeu sua sequência de sete vitórias. Lutando MMA profissionalmente desde 2006, Massaranduba fez o seu combate de número 32, tendo vencido em 25 oportunidades e perdido outras 7.